InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Bem vindo

Bem vindos!



Sejam bem-vindos!
Novato no fórum? Registre o seu personagem e crie sua ficha.
Bom jogo!
Calendário
DATA ON: 22 a 28 de Setembro de 2019.



» CLIMA: Nublado, gélido e sujeito a ventanias.
» ALUNOS: aulas (Duelos, Adivinhação e Runas Antigas). Festa do Pijama. ADULTOS: ações livres tanto no Castelo quanto no mundo bruxo.
Destaques

(Por ranking).

Sonserina - 79 PONTOS.

Corvinal - 74 PONTOS.

Lufa-Lufa - 30 PONTOS.

Grifinória - 5 PONTOS.



Links úteis

LINKS ÚTEIS.


» Trama.
» Regras.
» Avisos.
» Listas.
Parceiros
Quer ser Parceiro? Adicione nosso button e envie um email para accio.forever@gmail.com



Créditos


Créditos.


O Accio Hogwarts é um Fórum de RPG baseado nas histórias de J.K.Rowling. Sem fins comerciais. Todo conteúdo disposto no fórum - imagens, html e tramas - é de uso único e exclusivo do ACCIO HOGWARTS.

Compartilhe | 
 

 Pierre Fontaine

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Pierre Fontaine   Qua Dez 21, 2011 1:47 pm

[dohtml]




Only Me… Just Me



- Pierre Fontaine-




Nome Completo: Pierre Fontaine


Idade:17 Anos


Família: Mãe,pai e irmã (falecida). Kathelyn, Tierre e Juliett. Nas respectivas ordens


Raça: Puro


Local de nascimento: França


Psicológico e Físico
Minha aparência não é algo que chame muita a atenção das garotas, na verdade eu sou um garoto normal. Tenho um corpo bem formado, definido e com músculos – que eu não gosto de ficar mostrando para todo mundo.- Possuo cabelos loiros e ondulados, olhos escuros e eu acho que isso é o meu charme – se é que eu tenho algum. – Enfim, tenho 1,72 de altura e não tenho a mínima ideia de quanto eu peso. AVATAR: Evan Peters


Bom, meu psicológico já é algo muito complicado, vai ver o porquê. Na minha cabeça eu tenho um mundo só meu, onde eu posso ser quem eu quiser sem que os outros me olhem e me julguem por algo que eu considero normal e que na cabeça deles é algo extremamente errado. Não gosto viver no mundo real, ele me assusta e por isso eu acabo tendo uma crise. Sabe aquelas pessoas que sentam em um canto e começam a gritar “Saiam da minha cabeça!”? então, eu sou bem assim. Tenho medo do que o mundo pode fazer comigo, o jeito que ele me leva para os lugares cuja quais eu não tenho a mínima intensão de ir. Alguns me chamam de maluco, afinal eu vejo pessoas mortas! Não estou brincando, eu acho mesmo que eu consigo vê-las, conversar com elas. Por isso muitas pessoas acham que eu estou louco. Tenho distúrbio, afinal as vezes não sou eu quem está fazendo as coisas. Só sei que do nada eu me torno algo que não sou, consigo matar pessoas sem sentir nada, mas isso você vai entender melhor quando eu contar a minha história.


Dados escolares


Ano: 7º Ano


Casa a qual gostaria de pertencer: Lufa-Lufa


Matéria(as) com mais aptidão: Feitiços, Poções, História da magia, DCAT, Trato de criaturas mágicas,


Matéria(as) com menos aptidão: Herbologia, Vôo e transfiguração


Varinha: Cerejeira, pelo de unicórnio,20 cm


Animal de estimação: uma gaa branca chamada Sophie


Joga Quadribol? Qual posição? Não jogo Quadribol.


Possui vassoura? Qual? Sim, possuo uma Firebolt


Deseja ser monitor? Porque acha que merece? Não quero não


Possui algum objeto mágico? Qual? Como o adquiriu? Também não;


Possui alguma característica especial? Qual? Não


Forma do Patrono: Cão

História


Eu nasci na França, no mês de julho. Nasci em uma família pura, cheias de mimos e manias normais de famílias estranhas. Bom, isso não é muita novidade, pois se você já ouviu falar de mim sabe que eu não sou o tipo de pessoa para se fazer amizade... Na verdade os outros acham isso, já você eu não sei.


Eu tinha cinco anos quando demonstrei meu primeiro sinais de magia, eu estava com a minha mãe e a minha irmã mais nova no jardim de casa e eu fiz com que as pétalas das flores ao nosso redor voassem de modo encantado pelo recinto. Devo admitir que aquilo era incrível, saber que você pode fazer algo tão mágico a esse ponto.


Enfim, quando eu completei onze anos, eu e minha família fomos fazer um passeio no mundo trouxa e pelo o que eu me lembro, esse foi o pior dia de toda a minha vida. Lembro que eu e minha irmã Juliett estávamos indo atravessar a rua quando ela soltou a minha mão e correu. De imediato eu corri atrás dela para pará-la, mas não deu certo e o carro que estava passando atropelou nós dois.


O enterro da minha irmã foi o pior, meus pais não conseguiam parar de chorar e eu não tinha ideia do que dizer a eles. Eu tinha tentado salvá-la, mas infelizmente apenas eu havia sobrevivido. Ela merecia estar viva, lembro-me de ter pedido várias vezes para que ela estivesse viva e eu fosse em seu lugar, mas nunca nada disso aconteceu. Por mais que eu tentasse, não dava certo. Contudo, desde o acidente em que ela morreu, parecia que ela apenas havia sumido da vida dos outros, não da minha. Eu ainda conseguia vê-la, e conseguia falar com ela e tudo mais, mas era apenas eu.


Estudei em Durmstrang durante cinco anos, até que eu acabei deixando escapar dentro da escola que eu conseguia ver e conversar com a minha irmã morta. Isso deixou todos de cara virada para mim, me tratavam e mal e tudo mais. Até que um dia nas férias para ir ao sexto ano, o filho de uma amiga da minha mãe começou a jogar coisas em mim e dizer que eu era louco, que eu tinha que ir para sei lá aonde e deixar todos em paz. Não sei muito bem o que aconteceu, só sei que eu surtei, perdi o controle da minha mente, dos meus movimentos, de tudo. Eu o matei.


Depois desse incidente, as coisas apenas se tornaram piores, meus surtos se tornaram frequentes e eu não sabia mais o que fazer, criei um mundo só meu e de minha irmã, onde só nós dois podíamos coexistir, deixando todo o resto para fora e quem tentasse estragar isso, ia ter sérios problemas. Com essas crises que eu tenho, eu costumo ficar em um canto, agachado e com as mãos nos ouvidos, não quero viver nesse mundo que todos dizem ser real, ele me machuca.


Fui rejeitado pelas outras escolas e a única que decidiu me aceitar foi Hogwarts. O diretor falou que eu não era perigoso, que eu não ia machucar ninguém la. Mas essa não é a minha preocupação, a minha verdadeira preocupação é o que os outros alunos vão fazer comigo quando descobrirem, o que não demorou muito, afinal todos começaram a zombar de mim e me tratar mal. Por isso que eu passo a maior parte do meu tempo com a minha irmã, uma menina que apenas eu consigo ver e conversar, ela me faz querer ficar longe dessa realidade.




TEMPLATE BY I’m Lilo @ OPS
[/dohtml]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Admin
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 515
Data de inscrição : 13/06/2011

MensagemAssunto: Re: Pierre Fontaine   Sab Dez 24, 2011 7:55 pm

Ficha aprovada e movida para o tópico Hufflepuff.

Att,
Admin.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://acciohogwarts.forumeiros.net
 
Pierre Fontaine
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Ficha] - Sora D. Pierre

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Hufflepuff-
Ir para: