InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Bem vindo

Bem vindos!



Sejam bem-vindos!
Novato no fórum? Registre o seu personagem e crie sua ficha.
Bom jogo!
Calendário
DATA ON: 22 a 28 de Setembro de 2019.



» CLIMA: Nublado, gélido e sujeito a ventanias.
» ALUNOS: aulas (Duelos, Adivinhação e Runas Antigas). Festa do Pijama. ADULTOS: ações livres tanto no Castelo quanto no mundo bruxo.
Destaques

(Por ranking).

Sonserina - 79 PONTOS.

Corvinal - 74 PONTOS.

Lufa-Lufa - 30 PONTOS.

Grifinória - 5 PONTOS.



Links úteis

LINKS ÚTEIS.


» Trama.
» Regras.
» Avisos.
» Listas.
Parceiros
Quer ser Parceiro? Adicione nosso button e envie um email para accio.forever@gmail.com



Créditos


Créditos.


O Accio Hogwarts é um Fórum de RPG baseado nas histórias de J.K.Rowling. Sem fins comerciais. Todo conteúdo disposto no fórum - imagens, html e tramas - é de uso único e exclusivo do ACCIO HOGWARTS.

Compartilhe | 
 

 21 de Março - Madrugada

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Gerard Sevigny
Ministério da Magia
Ministério da Magia
avatar

Mensagens : 61
Data de inscrição : 29/06/2011

MensagemAssunto: 21 de Março - Madrugada   Seg Maio 14, 2012 5:45 pm

As Trevas estavam a embalar os dois mundos de uma só vez. A trégua que dera a comunidade bruxa, por um tempo acabara de se esgotar, e Gerard ia retomar suas ações para livrar o mundo bruxo daqueles mesticinhos e sangues ruim. O primeiro passo fora dado quando ele eliminara a única pessoa que poderia atrapalhar seus planos, o enxerido do Redgrave. Sorriu ao recordar a comoção que causara no casamento do patético, mais ainda ao recordar a própria interpretação de indignação diante da morte do assistente. Agora tinha diante de si as provas das investigações que tanto Aidam (outro imbecil) quanto Redgrave tinham feito a seu respeito. Assim que começou a ler os relatórios foi interrompido por um de seus servos, a quem designara para voltar ao apartamento de Redgrave e descobrir se mais alguma coisa restara por lá.

- Boa noite Smith...- saudou simpático, sim, ele sabe ser isso quando está bem humorado.- Mais alguma coisa com que deva me preocupar daquele bastardo?- disse enquanto remexia os papéis procurando o relatório sobre a morte de Louis sem nada encontrar

Citação :
- Sr Sevigny - disse o homem um tanto reticente - Fomos ao apartamento dele e não encontramos mais nada... Nada além de um papel com votos de casamento escrito.- colocou o papel sobre a mesa

- Não encontraram o último relatório? O que falava da morte do meu irmão?

Smith escreveu:
-Nada senhor... mas ele mandou uma coruja pro meio-irmão dele, o Sanders... pouco antes de invadirmos o apartamento naquela noite

Gerry irritado cerrou os punhos e os bateu na mesa- O que? - indagou num tom perigoso - Ele mandou uma coruja pro maldito irmão dele e vocês não interceptaram??? Estou cercado de incompetentes de marca maior, como é possível! Agora o bastardo está de posse dos documentos, provavelmente vai relatar o acontecido ao filhinho imbecil que contará a minha amada sobrinha que o tio querido dela foi quem assassinou seu pai... Maravilha! [b]- foi então que ouviu-se o baque surdo de algo se espatifando e foi suficiente para Gerry expulsar o assecla de lá.[b]- Smith, dou uma semana para você e seus homens recuperarem esse relatório da morte do Louis pra mim... uma semana! Caso contrário, acabarei com um a um de vocês, estamos entendidos? - o homem temeroso assentiu e Gerard comandou - Agora suma da minha frente, imbecil!

O homem não precisou de um segundo comando e logo Gerard estava sozinho novamente e decidiu ir investigar quem poderia estar acordado aquela hora. Augustine? Impossível, ela tinha o sono muito pesado. Suspirou exasperado - Que não seja a mesticinha...- murmurou para si mesmo antes de começar a se encaminhar na direção de onde partira o som. Naquela noite haviam tido um jantar em família para comemorar o cinquentenário de sua mãe e as garotas tinham sido trazidas de Hogwarts para onde voltariam na manhã seguinte. Abriu ainda mais a porta do escritório e se deparou com uma garota recostada a uma parede em aparente choque - De verdade, não era assim que eu esperava que você descobrisse isso, mesticinha...- sorriu com escárnio - Na verdade a intenção era que você nunca descobrisse... Humm... então o que farei com você, agora?

Nessa hora, a garota ergueu-se num salto e o encarou com aqueles olhos que tanto o faziam lembrar do bastardo do Louis, marejados e que ainda assim traziam o brilho de uma fúria intensa

Artemis escreveu:
- Vo...você... você matou meu pai!

Ela sibilou, as lágrimas escorriam grossas pelo rosto da menina e ele nem se abalou.

Gerard manteve o sorriso cínico enquanto respondia - Matei e o faria novamente se tivesse a chance... agora venha comigo. É hora de termos uma conversinha de tio pra sobrinha...- pegou a garota com certa brutalidade e a jogou dentro do escritório, trancando o magicamente e realizando outro feitiço afim de abafar quaisquer sons que pudessem sair daquele cômodo. -Pois bem, vamos esclarecer as coisas por aqui, mesticinha - mal pronunciou essas palavras e pôde notar a garota avançar contra ele e a segurou facilmente, para no segundo seguinte jogá-la na poltrona novamente e murmurar um - Incarcerous - feito isso voltou a encará-la -Bem melhor assim! Agora sim posso pensar no que fazer com você...- balançou a cabeça num gesto de desprezo e continuou - Você é igualzinha a sua mãe, aquela maldita sangue ruim... Eu falei com seu pai, expliquei tudo pra ele, disse até que ele poderia se divertir o quanto quisesse com a maldita mas não se casar e procriar com ela! Mas ele não me ouviu! Ele estava cego por ela e abandonou tudo... Tudo isso - fez um gesto para a casa e títulos dos Sevigny - e por causa de uma sangue ruim rameira!!!

Artemis escreveu:
- Não ouse falar assim da minha mãe, seu monstro!

- Shhhhhhhhhhh... Calada, não te dei permissão pra se dirigir a mim- ele segurou o rosto dela com uma das mãos, forçando-na a manter os lábios fechados - é incrível! Eu olho pra você e vejo a maldita - ele passeou o olhar pelo corpo da sobrinha - vejo a maldita beleza que cegou meu irmão e destruiu a nossa família... - ele soltou o rosto da jovem de modo brusco e prosseguiu - Sabe, por muitos anos eu pensei que você estivesse morta, até torci pra isso mas qual não foi a minha surpresa quando descobri por Augustine que havia uma garota em Hogwarts ostentando uma jóia que era herança de família e pensei: 'só pode ser a maldita bastarda do meu irmão'. Foi aí que tive uma conversinha com seus avós...- viu a expressão aterrorizada da jovem e emendou sem deixar de sorrir - é, eles não me ajudaram - mais uma vez o sorriso insano se mostrou e ele continuou - Então fui obrigado a trazer você e sua irmã pra cá, enquanto pensava no que fazer com vocês, sem levantar muita suspeita sabe? E tudo se sairia bem se você não tivesse decidido namorar justamente o filho do Sanders. O melhor amigo do seu pai, o que encobriu e ajudou Louis nos seus planos de desonrar essa família. Tem noção de como fiquei feliz com isso? E agora, enxerida como todo maldito sangue ruim, ouviu o que não devia e me obriga a tomar uma atitude para dar um jeito nisso...

Artemis escreveu:
- E o seu jeito seria me matar? Sim, porque esse é o único modo de me calar!

Ela gritou essas palavras e o fez novamente lembrar do irmão que era tão intempestivo quanto a garota a sua frente. Então se aproximou e riu- Não isso seria muito fácil e suspeito também, já que agora o pai do seu namoradinho está com as provas contra mim que preciso recuperar...- os olhos brilharam de modo insano - Apenas apagarei suas memórias...

A garota mal teve tempo de reagir posto que assim que pronunciou essas palavras, ele lhe lançou o encantamento apagando as memórias recentes dela (da data presente até dois anos atrás) e inspirado que estava incrementou-o apagando também toda e qualquer memória que ela tivesse do filho do Sanders. Observou a garota desacordada e aproveitou novamente para incrementar seus planos para justificar a perda da memória da garota. Já tinha uma ideia do que faria, assim sendo desfez o incarcerous e tomando a garota nos braços se dirigiu ao quarto que ela ocupava e começou a encenação.

Colocou a garota deitada no chão como se tivesse tentado se defender de alguma coisa, lançou alguns feitiços de ataque contra ela, a fim de causar uma série de ferimentos para dar mais veracidade ao ataque infligido a jovem. Lançou um feitiço estilhaçando as janelas, um outro simulando um grito da jovem e isso, percebeu ele despertou os membros da casa, aparatou para seu quarto para fazer sua entrada triunfal. Feito isso, deixou seu quarto na direção do da garota, infligiu a si mesmo alguns ferimentos para dar a entender que tentara lutar contra o atacante e voilá: o circo estava formado e ele não precisaria mais se preocupar com a mestiçazinha. Agora era só cuidar para que o pai do ex-namoradinho dela não tivesse acesso ao relatório do irmão mais novo. Tudo estava sob controle novamente.


Explicações:
Sim, Gerry apagou todas as memórias de Artemis sobre Orion, como ele fez isso? Ele é um bruxo das trevas minha gente... Conhece feitiços que até Voldemort desconhecia!
Ação dando apenas o start dos novos acontecimentos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
21 de Março - Madrugada
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Ranking Alexa - Março 2013
» THE PURGE-SISTEMA AÇÃO!!!
» RAZA FORTE PARA MARIA PADILHA - ORAÇÃO PODEROSA DE AMARRAÇÃO
» Regras Sign do Mês - Fevereiro | Março 2015
» Rota 101 - A primeira rota !

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Mansão Sevigny-
Ir para: