InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Bem vindo

Bem vindos!



Sejam bem-vindos!
Novato no fórum? Registre o seu personagem e crie sua ficha.
Bom jogo!
Calendário
DATA ON: 22 a 28 de Setembro de 2019.



» CLIMA: Nublado, gélido e sujeito a ventanias.
» ALUNOS: aulas (Duelos, Adivinhação e Runas Antigas). Festa do Pijama. ADULTOS: ações livres tanto no Castelo quanto no mundo bruxo.
Destaques

(Por ranking).

Sonserina - 79 PONTOS.

Corvinal - 74 PONTOS.

Lufa-Lufa - 30 PONTOS.

Grifinória - 5 PONTOS.



Links úteis

LINKS ÚTEIS.


» Trama.
» Regras.
» Avisos.
» Listas.
Parceiros
Quer ser Parceiro? Adicione nosso button e envie um email para accio.forever@gmail.com



Créditos


Créditos.


O Accio Hogwarts é um Fórum de RPG baseado nas histórias de J.K.Rowling. Sem fins comerciais. Todo conteúdo disposto no fórum - imagens, html e tramas - é de uso único e exclusivo do ACCIO HOGWARTS.

Compartilhe | 
 

 FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Narrador
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 128
Data de inscrição : 30/06/2011

MensagemAssunto: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Sab Jun 02, 2012 3:37 pm

festa de aniversário de john


No início da semana, John Mason, com o auxílio de seus amigos populares, iniciaram uma divulgação pesada da festa de aniversário que organizavam para o mesmo, na residência dos Mason. Os Mason, não só no mundo adulto, também era uma família reconhecida e influente em Hogwarts. Elizabeth, sua irmã, era uma personalidade querida por quase todos. Com o corvino John, a história não era tão diferente – apesar de um pouco mais recluso e introvertido do que sua irmã, era sempre visto com bom-humor. Com a autorização do diretor da escola, John publicara inúmeros avisos, por meio de planfetos, em paredes de corredores e salas de aula. Queria que sua festa de dezoito anos fosse um momento histórico, não só para ele, como também para os que quisessem se divertir. A festa seria realizada no final de semana, sábado, no qual Erland tinha liberado todos os alunos – desde que estes retornassem. Firmara um compromisso e prometera que todos estariam lá no mais tardar, domingo ao entardecer.

Seria uma festa à fantasia. Demorara algum tempo para que as partes envolvidas na organização e colaboração do 'evento' chegassem a um ponto em comum, no entanto o jovem não queria nada formal. Não queria uma festa como qualquer outra, como daquelas que Hogwarts comumente oferecia a alunos.

As portas da casa dos Mason foram abertas às 21 horas. Ainda do lado de fora, era possível observar uma decoração divina e luxuosa, ressaltada pelos inúmeros refletores, que tornavam o ambiente ainda mais descontraído e animado. A música já era alta, a comando de um dj contratado; o som era eletrônico e envolvente. Dentro da mansão, na varanda, era aonde poderiam ser encontrados os comes e os bebes deliciosos, de todos os tipos, para ninguém botar feito; agradaria do mais sóbrio até o mais viciado em alcóol. A piscina, também, não deixava de ser um atrativo e tanto. A sala de estar, por sua vez, tinha sido transformada em uma pista gigante de dança, com flashes fortes e chamativos. Os quartos dos segundo andar eram o espaço de lazer; haviam jogos, como sinuca, pebolim, dentre outros, e até mesmo uma sala de “prazeres”, nos quais strips – tanto do sexo masculino quanto do feminino – provocavam a líbido daqueles jovens com os hormônios à flor da pele.

Alguma dúvida de que essa festa dará bastante o que falar?



(OFF) Todos, sem exceção, estão convidados a participar da festa - trajados com suas respectivas fantasias. Aproveitem! (/OFF)

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Elizabeth Mason
Aigam
avatar

Mensagens : 1054
Data de inscrição : 29/06/2011

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Ter Jun 05, 2012 7:10 pm

{LET'S HAVE A PARTY!!!}


Tão logo o Didi nos liberou para ir pra casa (o que, convenhamos foi muito legal da parte dele) eu e John pra lá nos dirigimos, é certo que a mamãe tinha adiantado boa parte dos preparativos e ainda que não fosse meu aniversário, era do John, em nossa casa e eu tinha que verificar se estava tudo pronto, se os funcionários estavam todos lá, queria tudo perfeito. Queria mesmo que todo mundo se divertisse nesta noite. Entre verificação de cardápio de comes e bebes, vale salientar que eu estava com fome, então aproveitei pra matar o que estava me matando, e fazer o teste de som e luzes; nessa quase perco a hora!

Tomei um banho demorado, deixando a água quente acariciar meu corpo, sobre a minha cama, avistei minha fantasia. Vesti-me rapidamente e me dei ao luxo de ficar parada de frente ao espelho por alguns minutos, me fitando atentamente. Eu estava bem simples, mas sabia que estava bonita. O vestido azul tinha a parte debaixo rodada, o que me lembrou vagamente da saia que compunha o uniforme escolarNão devia. Posso ser popular mas tenho coração mas uns dois ou três palmos mais curta, a escolha da dor não fora por acaso já que o azul combinava com meus olhos e os deixava em evidencia. Sem contar que azul lembrava a casa que meu irmão fazia parte e que, antes dele, meu pai; ou seja, meu jeito de homenagear meu irmãozinho (fofo não?). Meus cabelos castanhos estavam soltos, não tinha muito o que fazer com eles, então coloquei uma tiara azul marinho também para enfeitá-los. No rosto eu tinha uma tatuagem pequena de ursinho, uma daquelas que vêm em chicletes trouxas e as crianças adoram (não só elas, devo dizer). Carregava dois pompons coloridos, um azul e outro branco. Como não tinha muito tempo resolvi não me maquiar, não faria diferença. Estava pronta e devo dizer até estava gostando do resultado, dei uma piscadela para minha imagem refletida e desci para recepcionar os convidados e deixá-los à vontade até o aniversariante dar o ar de sua graça.

OFF: Aberta a interações! Vestida :assim.
Outro ângulo da fantasia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Justin Vonderwood
Hufflepuff
Hufflepuff
avatar

Mensagens : 876
Data de inscrição : 13/08/2011

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Qua Jun 06, 2012 3:45 pm


I'll be up in the party, looking for a hottie to bone



Me chamem de louco.

Chega de achar que a palavra namoro – ou qualquer outra, cuja significação represente o mesmo – está diretamente associada a palavra amor; namoro, mas não amo. Simples assim. Creio que com grande parte dos casais, atualmente, o caso também seja parecido; estar com alguém é, sobretudo, conveniente ao próprio indíviduo que toma essa escolha. Namorar não é uma palavra saudável. Namorar não é um ato saudável na verdade. Te desgasta – tanto física quanto emocionalmente – e te faz gastar rios de dinheiro, caso você seja o homem da relação (obviamente aqui incluo casais héteros e não-héteros, também!). Não importa se você é pobre ou rico, de algum modo você tem que surpreender o seu parceiro diariamente com atitudes que normalmente não teria se estivesse solteiro e quisesse, sem muita pretensão, conquistar quem quer que fosse. Falando agora por mim mesmo, nunca tive muitas dificuldades. Meu nome de batismo é Justin e isso já diz ~quase~ tudo. Se eu tivesse que me definir em poucas palavras precisas, estas seriam: melhor do que você. Ponto. Sou bonito, gostoso e tenho uma família rica. A fórmula perfeita, me arrisco a dizer, que, na teoria, me faria ser um cara bem-sucedido sempre. Tanto na minha vida profissional, quanto na amorosa; quero dizer, não sei se posso chamá-la de “amorosa”. Penso que o amor pode ser inevitável, mas enquanto estiver lúcido fugirei dele de todas as maneiras possíveis.

O meu relacionamento com Sophie era tão surreal, tão fora da realidade em que as pessoas estão acostumadas a ver e a viver, que eu não conseguia descrevê-lo, mesmo depois de uma semana inteira; sim, juro! Esse cara incrível que vos fala tinha conseguido sobreviver a sete dias de namoro. Nesse meio tempo, aprendi a tolerar a pimentinha. Sophie poderia não conseguir enxergar com os seus próprios olhos, mas a terceiros deveria ser visível a mesma impressão que tinha ao seu respeito: ela era como uma versão feminina de mim. Ressalto isso novamente – porque em um outro momento já falei isso -, pois a cada dia que se passa, consigo decifrar muito da sua personalidade e de seus comportamentos. Em boa parte do tempo, admito, isso é ligeiramente incômodo; sendo o reflexo de quem sou, das minhas atitudes, era como se eu sentisse na pele o que geralmente provocava nos outros: ira – e ódio, talvez. Estava sendo uma experiência inenarrável, e apesar de bastante divertida – em amplos sentidos -, eu esperava que aquilo não tardasse a ter o seu fim. Quero ter muitos anos de vida, obrigado.

Durante a semana, só se falara em uma coisa, em todo o castelo: a festa do meu brothaaa, John Mason, irmão de Elizabeth Mason e... AH, o resto vocês já sabem. O cara é um puto. Entendam como vocês quiserem. Não sei, sinceramente, porque ele causa tanto frísson por onde passa; ok, ele pode ter pinta e essa porra toda, mas me espanto como sem mesmo abrir a sua boca, arranca inúmeros suspiros de garotas, desde o primeiro ao último ano. Enfim, não estou aqui para analisar macho. Ajudei o garoto a organizar algumas coisas da festa; as bebidas mais fortes, as vadias gostosas que fariam strips, os djs. Ele também tinha comentado, em uma oportunidade qualquer, que Kelly também o ajudava. Me indagava se ela estava em outra; eu digo, em outro. Metade do castelo já sabia que Liam tinha se envolvido em um 'acidente' – era assim que preferiam chamar, como se isso fosse amenizar a sua insanidade; será que ela havia, definitivamente, desistido do grandão? E, bem, antes que vocês me chamem de insensível sobre o que acontecera com Liam, voltarei a falar sobre esse assunto em outra circunstância. Eu precisaria elaborar um pouco mais; vocês me entendem, esse assunto é pesado pra caralho e não combinaria com o meu post oba-oba.

Seria uma festa a fantasia. Olha... não me dou muito bem com esse tipo de festa. Mas isso não tem nada a ver com a festa em si – e eu nem espero que você compreenda o que quero dizer, aham. Perder o meu tempo pensando em um traje verdadeiramente digno é algo que me deixa nervoso; aí, você meu único fã – eu sei que você está aqui, me lendo – questiona: “Timberlake, porque você não vai de você mesmo? Você já é o cara! Você é fantástico!”. Hm, clichê?! O boss esclarece: inovar, de vez em quando, também é bom. Depois de longa procura, consegui arranjar algo que fosse a minha cara. E caralho: por quê eu precisava ficar tão delicioso naquela fantasia, a ponto de eu não resistir a mim mesmo?!

Sem muitas delongas, cheguei na festa, apenas alguns minutinhos atrasados. Não que isso fosse relevante; se bem conhecia John, tinha certeza que ele prolongaria aquela festa até quando pudesse. Certo era ele, oras. Dezoito anos é libertação, independência. No caminho, cumprimentei conhecidos e não demorou muito para que eu o encontrasse, no meio da multidão. Semicerrei os olhos com a imagem que tive e um sorrisinho irônico escapou naturalmente dos meus lábios. Como era essa merda de destino, né? Vou explicar a vocês o porquê logo, logo. Aumentei o tamanho dos meus passos. Quando John me viu, também parou tudo. É ou não é muito amor da puta número um de Justin Timberlake Vonderwood?

- Caralho! Você 'tá lendo os meus pensamentos ou anda me stalkeando, na cara dura mesmo? - medi o garoto com um olhar vago. Se eu contasse no dia seguinte a quem não estivesse ali ou não fosse a festa, não acreditariam; aquele maldito estava vestido exatamente como eu. Se eu fosse veado, ia acreditar que ele era minha alma gêmea ou coisa do tipo. Mas quer saber? Foda-se. Eu não me importava com isso. Aquela coincidência era até bem divertida. Entreguei para ele uma caixa de tamanho médio, embrulhada. Queria ver a surpresa dele quando a abrisse. - Comprei um presente pra você. Achei a sua cara. Mas se você não gostar ou não for do tamanho ideal, só me falar que eu troco. - ele pegou. Segurei o riso. Seria uma das cenas mais épicas do ano, com toda a certeza. - Parabéns, parceiro! - abracei-o calorosamente.



06/04 & 09:00 PM



citados gente demais.
post 001.
fantasia POLICIAL.
notas presente que xoastin comprou pro john AUHSHSAUHSAUHAS' CUIDADO. Mais surpresas por vir.


criado por Giulia @ Ops!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sophie O Donáill
Ravenclaw
Ravenclaw
avatar

Mensagens : 5075
Data de inscrição : 25/01/2012

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Qui Jun 07, 2012 1:05 am




We independent women, some mistake us for whores
I'm saying, why spend mine when I can spend yours
Disagree, well that's you and I'm sorry
I'ma keep playing these cats out like Atari
Wear high heeled shoes, get love from the Dudes
Four bad ass chicks from the Moulin Rouge

Voulez-vous coucher avec moi, ce soir ?
Voulez-vous coucher avec moi ?(ooh)




x_________________________________________________ {Por meio desta eu confesso: teremos uma noite daquelas}

Eu já podia ouvir Lauritcha reclamando da minha escolha de roupas. "Comportada demais". Se isso era comportado imagine o que não o era, sorri ao mirar meu reflexo no espelho. Estava dando os últimos retoques na minha fantasia para aquela noite, uma coisa meio burlesque meio "mamãe sempre quis ser Satine", enquanto pensava nos últimos acontecimentos da minha nada mole vida. Tinha feito uma aula de voo e não morri apesar do modo como ela acabou (que credito ao maldoso sr Serrano), passei boa parte do meu domingo com os Hilton no St Mungus, fui surpreendida por um pedido de desculpas sincero da Wesker, minha melhor amiga pretendia deixar Hogwarts e estava namorando. Sim, tipo eu, eu, SOPHIE GRÀINNE ARTOIS O DONÀILL estava namorando mas antes que você se empolgue ou acredite em milagres, é um namoro de fachada apenas para abafar os boatos ligados ao meu nome e veja bem, em menos de uma semana, havia surtido efeito, já que eu não tinha sido alvo dos comentários maldosos daquela maldita Rádio Corredor. Como se não bastasse o surrealismo da situação em si, o 'namorado' em questão era Timberlake. Eu sei, pode dizer com todas as letras: é bizarro!

Quero dizer, era, no mínimo, insano que meu 'namorado' fosse justamente a pessoa que conseguia trazer à tona o que de pior havia em mim, sabe aquele lado 'sou neta de um comensal, um assassino frio e calculista'? ESSE lado! O que me consola (e deve te consolar também) é que isso não vai durar e é meramente uma relação de negócios, nenhum sentimento envolvido. Enfim, vou poupar você de toda essa lenga lenga e falar do porque eu estou vestida assim. Hoje é aniversário do John e ele resolveu que seria interessante comemorar isso com uma festa a fantasia. Até aí normal, eu tinha decidido ir o menos chamativa possível mas fui falar com a Lauritcha e sabe como ela é, nada de simplicidade! Sugeriu que fôssemos de deusas do tempo (eu, ela e a PINK) mas como era de se esperar, dezenas de garotas já tinham decidido ir assim (criatividade manda um abraço), então num momento de insanidade enquanto ouvia Lady Marmalade, me veio a inspiração que prontamente compartilhei com elas: iriamos a la dançarinas do Moulin Rouge. Era perfeito!!!! Sem contar que assim teria minha vingança pessoal para com Pink que me obrigou a me vestir com trajes sumários na nossa apresentação no Clube de Artes né? Dei os últimos retoques no visual, deixando o cabelo preso displicentemente num coque, maquiagem preta nos olhos e batom vermelho. Voilà! Estava pronta.

Pra não prolongar demais, encontrei as meninas - Por St Patrick! Vocês estão esplêndidas!!!!- E não, eu não estava mentindo, elas estavam perfeitas!!!!! Seguimos conversando sobre trivialidades enquanto eu observava o céu com todos aqueles tons de roxo, tão sombrios. Algumas pessoas mais adiantadas já passavam por nós usando fantasias.
Avistei a casa dos Mason, toquei a campainha e fui recebida por Elizabeth que avisou que meu namorado já estava na festa. Agradeci, poderia fazer outra coisa?

Entramos na festa e, claro, alguns babacas como sempre vieram com gracinhas. Será que nem tendo um namorado falso eles me deixam em paz? Ao ouvir um segundo: nossa O Donáill como você está gostosa! ou mais uma proposta idiota de fazermos uma festinha a quatro me perguntei: onde está o cavalheirismo? Só existe nos filmes trouxas dos anos 80? É pedir demais um John Cusack segurando um toca fitas na minha janela? Ou ter um Jake de Gatinhas e Gatões me esperando na porta de uma das centenas de igrejas de Dublin? por que não posso fugir num cortador de grama (ainda que eu não saiba pra que ele serve direito) com Patrick Dempsey? Só uma vez queria que minha vida fosse um filme dos anos 80 e com direito a um musical sem motivo aparente, uma vez nessas malditas semanas queria algo assim. Mas estamos falando de Sophie O Donaill e minha vida não foi dirigida por John Hugues, então tenho que me conformar com o que tenho. E o que tenho realmente não é um filme dos anos 80...

Mal pensei nisso e após pegar algo que parecia com uma Smirnoff (o lado bom de ser mestiça? Você SEMPRE reconhece coisas tipicamente trouxas), O vi. Damn! O Universo parece conspirar contra mim! Nessas horas me pergunto: Deus, o que eu fiz para merecer tanta cólera por sua parte? Exagerada... Eu? nem um pouco. Lá estava Timberlake, ao lado do aniversariante, vestido igual ao aniversariante o que me fez arquear minha sobrancelha e, claro, cercado pelo séquito de adoradoras do Timberlake e que odiavam a namorada fake dele (no caso, eu). Olhei para a dupla dinâmica e me manifestei - Meninas, vou cumprimentar o John e o seu irmão - me dirigi a Lauritcha. Não precisava fingir para nenhuma das duas, elas sabiam da verdade dos fatos - E então vamos aproveitar a festa, não estou disposta a bancar a namorada grudenta, certo? Vamos nos divertir essa noite, gurrllsss! - imitei a insana da Georgia, pisquei pras duas e me aproximei dos dois, cumprimentando John com um abraço beeeeeeeeeem apertado e dois beijinhos no rosto - Parabéns John! - então olhei de um para o outro, enquanto me aproximava de Timberlake, o cumprimentando com um selinho demorado. O que posso dizer? Era hora do show. Me afastei dele a tempo de perceber os olhares de 'te pego lá fora' do fã clube dele e quase ri. Tive que me controlar mesmo. Porém, apenas voltei minha atenção aos dois - Vocês vão cantar? - brinquei com as fantasias deles enquanto entregava um presente bem....válido para o John, sugestão da Lizzie. - Espero que goste, Lizzie disse que seria bem útil - dei um sorriso que era tudo menos inocente. Foi aí que me afastei mais de Timberlake e arrematei - Eu e as meninas vamos...hmmm... circular pela festa, certo? - mais um selinho e comecei a me afastar. Vai dizer que eu não era uma boa namorada? Aquelas estúpidas ao redor deles poderiam até me beatificar depois dessa!

Citei: muita gente, a preguiça me impede de postar. Falei com:PINK,LAURITCHA FURACÃO, JOHNNY & TIMBERLAKE. Vestindo: isso
PRESENTINHO do John (THI, não me mate)
Se precisarem que eu edite, já sabem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Artemis Erdenko
Aigam
avatar

Mensagens : 1150
Data de inscrição : 29/06/2011

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Qui Jun 07, 2012 3:31 am

~xx~ Antes da festa ~xx~
Say hello to the girl that I am!
You're gonna have to see through my perspective
I need to make mistakes just to learn who I am
And I don't wanna be so damn protected



Faltavam poucas horas para a festa de John e eu ainda não tinha começado a me preparar, não que no meu caso fossem necessárias muitas horas de preparo, o problema é que eu não gostava de deixar tudo para a última hora. Entrei no meu quarto na mansão dos Sevigny (afinal não ia me arrumar em Hogwarts), segui direto para o armário onde havia deixado o traje que preparara para aquela noite, retirei-o com cuidado enquanto o colocava diante de mim, observando na embevecida: sim era o traje perfeito para a festa a fantasia! Quando soube do evento quase tive um pequeno surto, pois nenhuma fantasia parecia se encaixar no que eu desejava para a noite que estava por vir, pensei em ir de cigana mas temi as alusões que fariam as minhas origens e a última coisa que eu queria era ser alvo dos comentários daquela Rádio. Lembrei então das histórias que mamãe contava quando ainda era uma criança sobre deuses e seres mágicos e sobre uma contadora de histórias. Pronto! Daí surgiu a inspiração para o traje que usaria naquela noite: iria fantasiada de odalisca, Sherazade pra ser exata. Sorri ao prever como aquele traje surpreenderia a todos!

Quando terminei de me arrumar, voltei meu olhar para o espelho e sorri diante da imagem que via refletida: Se a Tine ou meu tio me vissem assim, por certo teriam um colapso! - ri divertida imaginando o escândalo que Tine daria. Às vezes, minha prima me tratava como se eu fosse a Allegra, isso porque ela nem sabe da minha última aventura e da proposta do sr Vishous. Vendo-me pronta, murmurei para minha imagem refletida -Srta Sevigny, Artemis Erdenko Sevigny, é hora da diversão! - dei uma piscadela e sai do dormitório rumo ao local da festa.


~~XX~~ FeStA ~~xx~~
I don't need nobody telling me just what I wanna
What I want what what I'm gonna (I need)
Do about my destinyI say (no no)
And nobody's telling me just what i wanna (do do)
I'm so fed up with people telling me to be
Someone else but me



Em pouco tempo estava diante da casa dos Mason, dei mais alguns passos e arregalei os olhos. Por Kali! Aquilo era uma festa de arromba e não uma reuniãozinha de amigos como eu havia pensado. A falta de luz me deixou cega por algum tempo, mas logo avistei alguns conhecidos. Sorri e balancei a cabeça, para confirmar que eu estava muito feliz mesmo por estar ali. Certo, eu ainda estava preocupada com a minha recuperação e também me preocupava com a recuperação do Capitão, mas falando sério, aquele clima de festa meio que me libertava dos meus problemas.

Comecei a me balançar, indo para a frente e para trás na ponta dos pés. Esticava o pescoço para ver melhor quem estava ali, mas era tanta gente junta que ficava difícil distinguir quem era quem. Para dificultar ainda mais, alguns alunos usavam máscaras. "Ótimo! Vai ser super fácil encontrar quem quer que seja nessa bagunça, Artemis!", pensei já ficando irritada. Caminhei para dentro do salão, avistei John e fui entregar o presente dele e desejar felicidades. Feito isso continuei avançando e já estava na parte das bebidas, estendi a mão para pegar qualquer coisa bebível quando pisei sobre o pé de alguém - Pardon, bonitão... Não foi minha intenção! - A pessoa em questão, que eu sabia que era do sexo oposto por causa dos ombros largos e dos braços fortes, se virou e eu demorei alguns segundos para reconhecê-lo.


OFF: Post inútil mas se você quer ser o bonitão em questão, basta postar interagindo comigo, sim?
Fantasia: Sherazade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rachel K. D'lacroix
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 4399
Data de inscrição : 03/07/2011

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Qui Jun 07, 2012 5:56 pm

Estava parada diante do espelho na porta do guarda-roupas olhando meu reflexo refletido nele, vestia uma fantasia de militar que acabara de finalizar prendendo a boina sobre meus cabelos soltos. Aquela seria a primeira festa que eu iria sozinha em meses, quer dizer, não totalmente sozinha. É lógico que não me faltaram convites de acompanhantes e aceitei o do Lion, um corvino loiro, gato e o melhor de tudo, que sabia inflar meu ego muito bem. Então você se pergunta, mas ela não acabou de terminar o namoro com James? Sim, e o que você esperava que eu fizesse? Ficasse o fim de semana trancada no meu quarto chorando? Se esperou isso, é óbvio que não me conhece. Saiba que Rachel D'lacroix nunca demonstra o que sente.

Eu arrazaria e me divertiria naquele festa como sempre fiz, e se James estivesse lá, faria questão de dançar na frente dele mostrando que nunca estive melhor na minha vida. E encheria a cara como á muito tempo não fazia, como se comemorasse por ter me livrado de um encosto ambulante que costumava chamar demeu grifino. Agindo tão naturalmente, e sendo tão convicente que enganaria até eu mesma. Naquela noite seria o retorno da antiga Rachel, aquela que não faz a mínima questão de ser odiada por todos. Joguei um beijo pro meu reflexo e saí do quarto fazendo o som do meu salto dourado tocando o piso, ecoar pelo corredor.

Passei na frente da porta do quarto de Shane e vi que ela estava lá dentro, deitada em sua cama com cara de poucos amigos, e Nalla lhe fazendo companhia. Era a primeira vez que eu via minha irmã não se animar pra uma festa, mas isso não era a única coisa que havia mudado naquela casa. Tudo estava diferente, o clima tenso entre meus pais estava afetando á todos. E até mesmo Belle que nunca foi de se confidenciar comigo surgiu no meu quarto aquela noite, me contanto coisas difíceis de acreditar. Quanto á mim, quero mais que nossos pais se explodam com suas brigas, me deixando em paz é o que importa. Saí de casa batendo a porta com raiva, dando graças á Merlin por ter uma festa pra ir, e fazendo um lembrete mental de não voltar para casa no próximo fim de semana, no seguinte, e enquanto eu pudesse evitar.

Lion tinha se oferecido pra me buscar, mas eu não aceitei prefiri encotrar com ele na festa mesmo. E chegando lá já pude ver muito rostos conhecidos, alguns trajados com fantasias rídulas e cômicas, outros nem tanto, mas todos sem excessão estavam fantasiados. Á primeira vista não avistei Lion em nenhum canto, e decidi ir comprimentar o aniversariante, afinal não ia procurar ninguém se o loiro quisesse ele que fosse me procurar. - Meus parabéns, Mason. - disse depositando um beijo demorado em seu rosto e lhe entregando uma caixa de presente. - Espero que goste. - pisquei me afastando em busca da primeira bebida da noite.

PRESENTE

FANTASIA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Albus Severus Potter
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 1754
Data de inscrição : 01/08/2011

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Sex Jun 08, 2012 10:07 pm


Não preciso deixar claro que odeio festas muito movimentadas. Por pressão dos meus pais para vigiar o James,teria que acabar indo, infelizmente. E meu irmão precisava mesmo de ser vigiado, porque quando estava animado, cometia erros terríveis não mencionáveis. E depois, era uma festa à fantasia, e eu não gosto de usar essas fantasias muito chamativas. Pelo menos isso minha mãe entendeu, e me mandou um escudo e uma espada. Sinceramente, eu não sei onde é que ela tinha achado aquilo, mas eu queria agradecer mesmo por não terem vendido um vestido pra ela ou coisa do tipo, porque se tivessem, ela faria a questão de me mandar. As oito horas em ponto comecei a me arrumar. Se você for o James e estiver pensando que eu vou provar lindos vestidos e passar maquiagem, se enganou feio. Na verdade, eu vou ser só mais um garoto que vai fantasiado com uma fantasia que parece não ser uma fantasia, entende? Pra deixar mais claro as coisas para você, eu só ia usar um par de All Stars, jeans surrado, uma blusa azul ‘meio-desbotada’ e uma jaqueta preta com capuz, tirando a espada que não era de plástico e nem de madeira e o escudo. Quer mesmo saber? Eu estava ridículo, só que não mais do que eu aposto que o James vai estar. Passei um tempo tentando deixar o cabelo apresentável, se assim posso dizer. Mas é um pouco complicado, quando você tem um pai e um irmão com cabelos totalmente rebeldes, mas no fim, consegui anormalizar um pouco as coisas. Peguei o presente e meu iPod, porque realmente não ia querer ouvir ‘Funk’, e sai para a festa.

Passavam das nove e dez quando eu cheguei na casa dos Manson. Entrei. Já tinha algumas pessoas, poucas na realidade, e uma garota vestida de líder de torcida recepcionando os convidados. Senti vontade de enfiar a cabeça em um buraco naquele momento. TODOS os presentes estavam fantasiados, menos eu porque sou um otário. Não precisa confirmar, eu sei muito bem disso. Na realidade, você pode me xingar do que quiser, MAS NUNCA use as palavras ‘irmão do James’, porque eu te garanto que o resultado não vai ser muito bom. Me aproximei da garota recepcionista, que na mesma hora identifiquei como Elizabeth, a irmã do aniversariante. – Ah, oi. Eu sou o Albus. Albus Potter! Se quer saber, não conheço seu irmão, mas fui convidado, então, será que podia entregar o presente pra ele? – Naquele momento, eu imaginei milhares de seguranças correndo atrás de mim gritando ‘Parado Penetra!’, mas era melhor nem tentar lembrar daquilo ao longo da festa. Coloquei o presente na mão dela antes que a garota falasse algo contra. Sai rapidinho da vista dela, andando entre os convidados bem-humorados. Meti a mão no bolso da calça e tirei o iPod. Coloquei os fones e liguei-o, porque eu sou um adolescente em guerra com a vida. Não, eu não uso drogas. Comecei a andar quando senti alguma coisa pisar no meu pé. Me virei rapidamente e vi uma garota. Pelo menos eu não teria motivos pra usar a espada. Sorri – Ah, não foi nada. Meu nome é Albus e você é a Artemis, se não me engano – Olhei para os lados rezando para James não estar por ali e ver a cena.


Fantasia/Roupa de Adolescente Comum
Presente

× Falei com: Elizabeth, Artemis
× Citei: Gente demais
× Música do iPod: Glad You Came
× Notas: Um lixo '-'

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miranda M. Shitzeens
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 4211
Data de inscrição : 03/03/2012
Localização : Boca da Cornucópia *¬¬*

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Sab Jun 09, 2012 12:21 am

Eu não acredito que ia à uma festa. Muito menos em uma que os convidados tinham que ir vestidos com fantasias. Era o aniversário do irmão da Lizzie, e pra variar, eu não tinha um fantasia. Claro que eu mandei uma coruja pra minha mamãezinha linda, e eu poderia ficar e contar que ela me enviou lindos vestidos e que somos muito amigas, mas não. Aquela doida varrida me enviou um monte de panos e sedas, mandando eu me virar. E isso tudo no dia da festa, porque ela fez questão de me torturar um pouquinho, prendendo a carta na nossa casa por duas semanas inteiras. É mamãe, eu te amo mesmo, muito obrigada. Pelo menos, ela fez o favor de comprar alguma coisa pro John e me mandar, e naquele momento, eu fiquei com vontade de roubar o presente pra mim. Sério, minha mãe faz isso pra me torturar, ela quer me ver no hospício. Bem, não mandei nenhuma afronta pra ela e nenhum xingamento, porque estou me prevenindo de um castigo futuro, e acredite, limpar a casa toda não é lá muito legal. Eu já tive diversos incidentes ‘brincando’ de arrumar meu quarto. Por exemplo, quando eu estava toda feliz arrumando o quarto, Fiwkes achou bastante engraçado me trancar dentro do malão da escola. Pra quem não sabe, Fiwkes é nosso gato que eu realmente amo, embora faça de tudo pra me matar. Gatos tem mentes perversas, muito perversas. Muitos dirão que eles são animais irracionais, só que eu posso provar o contrário. Já achei ele usando o banheiro igual uma pessoa normal. Até hoje me pergunto se ele não é um animago disfarçado, ou talvez até o ex da mamãe que quer me matar porque eu coloquei ‘acidentalmente’ fogo nas suas calças.

Mas retornando ao assunto principal. Sim, ela me enviou panos. Pretos com algumas coisas que eu não identifiquei se eram do tecido ou ela tinha manchado ele propositalmente. Minha mãe é um tanto malvada quando a isso. Ela quer me ver pagar mico por tudo que é mais sagrado na vida, parece até minha inimiga de trinta e cinco anos que eu ainda chamo de ‘mamãezinha querida’. Está meio velha pra isso, não? Embora eu ficasse olhando por vários minutos pro pano ~ aqui me pareceram horas inacabáveis ~, eu acabei fazendo um vestido comprido com muito suor e garra. Gastei no mínimo uns trinta minutos cortando e costurando tudo de um modo bem demoníaco, pensando em coisas bem malignas, como atear fogo na calça de alguém. Sem querer me gabar, sou muito boa com coisas que envolvem fogo e memória. Peguei um sapato qualquer do meu malão pra completar a roupa e comecei a me preparar uma meia hora antes da hora do aniversário, levando em conta que eu demoro muito tempo pra me arrumar, mas não queria ser a primeira a chegar por lá.

Quarenta minutos depois e eu estava pronta. Enquanto ia pra festa, fiquei preocupada com o fato do Chaos me encontrar por lá e me dar uma bela bronca por ter falado pra ele que eu não ia aparecer no aniversário, e acredite, eu não queria terminar meu namoro por um motivo bobo. Cheguei na festa já entediada. Me aproximei de Lizzie sem falar nada e coloquei o presente na mão dela, me virando em seguida e indo procurar um lugar vazio. Felizmente, a piscina era o melhor lugar aquela hora. Me sentei na borda e tirei os sapatos, colocando os pés na água enquanto observava a movimentação dentro da casa. Não queria ninguém me irritando. E depois da matéria que saiu na Rádio Corredor, acho que ninguém vai querer irritar a suicida com problemas mentais aqui.

Fantasia
Presente

×Citei: Chaos, Bella, Lizzie, John, Ex-NPC Babaca da Mamãe
×Notas: Um lixo? É, eu sei '-'
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Artemis Erdenko
Aigam
avatar

Mensagens : 1150
Data de inscrição : 29/06/2011

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Sab Jun 09, 2012 7:16 pm

Oui, até chegar a festa e sentir todos aqueles olhares pousados em mim, eu me sentia bem à vontade com a minha fantasia sabe? Quero dizer, eu não sei como a antiga Artemis se sentiria com todos esses olhares voltados para ela mas sei como eu, a nova Artemis, me sentia. E eu me sentia constrangida e se o senhor V me visse agora, com certeza se arrependeria de me ajudar a me tornar menos ingênua - palavras dele, daí resolvi me aproximar da bancada onde serviam as bebidas e sem querer pisei no pé de alguém. Bem, esse era um comportamento comum da minha pessoa, ou pelo menos da parte que eu lembrava dela.

Não posso negar que nesse meio caminho de John até o 'bar' cruzei com várias pessoas que me cumprimentaram animadas por eu estar ali na festa, agradeci. Era constrangedor não saber que tipo de relação eu tinha com aquelas pessoas. Não tinha muito o que dizer, na minha última consulta no St Mungus com a srta Stanford, ela havia me aconselhado a retomar a antiga rotina, uma vez que os estudos na área comprovavam que a maioria das pessoas que haviam sofrido a mesma lesão que eu tinha sofrido recuperaram suas memórias por manterem o contato com sua antiga vida, próximas das pessoas que estiveram com elas e vivenciaram os momentos até o trauma. Até aí tudo bem, mas quando voltei para casa com Helga, a faz-tudo do meu tio, ela me contou que eu estava com os Sevigny há menos de um ano, mais ou menos na mesma época que Augustine, porque antes disso eles desconheciam minha existência. Então ela sugeriu, contrariando as orientações do meu tio, que eu procurasse o Sanders porque segundo ela era a ÚNICA pessoa que poderia me ajudar a relembrar os últimos dois anos, já que sempre passamos a impressão de que éramos bem próximos e unidos e ela estava certa de que ele me ajudaria. Não tinha me decidido ainda sobre se faria isso ou não, afinal depois do modo que eu havia tratado o garoto era muito difícil que ele quisesse me ver pela frente. Enfim, o fato é que eu não havia decidido nada e precisava me concentrar no garoto que estava ao meu lado. Ele sorriu e imitei-lhe o gesto, lembrava vagamente dele.

Sev escreveu:
– Ah, não foi nada. Meu nome é Albus e você é a Artemis, se não me engano –

- Sim, mas pode me chamar de Temis, a maioria das pessoas me chama assim mesmo... - respondi automaticamente enquanto analisava de onde poderia conhecê-lo. Albus não era um nome comum, era? Foi aí que tive um insight -se é que posso chamar assim - Albus não era um dos Potter-Weasley??? Sendo assim arrisquei o apelido que me veio em mente - Sev! - o cumprimentei com dois beijinhos no rosto e então tudo ficou mais familiar, vamos assim dizer - Sev Potter - conclui mais animada, afinal eu tinha lembrado de alguém! - Não imaginava que gostasse desse tipo de festa - se ele era quem eu pensava que era, não gostava mesmo. E se eu estivesse errada? Bem, se fosse o caso eu sempre poderia culpar a minha lesão cerebral pela confusão.


OFF: Falei com: SEV. Citei: Helga (npc), Chloe (medibruxa), Gerry (tio), Tine (prima) e Orion.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chloe D. Angel
Gryffindor
Gryffindor
avatar

Mensagens : 2907
Data de inscrição : 19/07/2011
Localização : Na tua cama -.-

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Sab Jun 09, 2012 7:26 pm

Assim como todos eu também estava sabendo da festa que John e seus amigos haviam organizado, afinal de contas só se faz 18 anos uma vez na vida claro. Decido ir para a tal festa de última hora, e obviamente não tinha nada para vestir. Tiro um milhão e meio de roupas do armário, a maioria eu não usava e outras eu realmente nunca usei. Pego um vestido rosa claro e coloca na minha frente para ver como ficava dizendo - Não - Era uma festa a fantasia, não a traje de gala. Sento na cama e fico parada, pensando no que eu poderia vestir. Me levanto para pegar o celular e ligar para alguém que tivesse uma ideia muito boa para fantasias, quando me deparo com um pano vermelho debaixo de 3 jeans surradas. Puxo o pano e vejo que é um vestido simples, vermelho com bolhinhas brancas, ele não me era estranho, tinha usado no meu aniversário de 14 anos quando comemorei com alguns poucos amigos, como eu pude usar algo assim tão ridículo?

Mas de qualquer forma, aquelas bolhinhas brancas me lembravam a Minnie. Sim, a ratinha da Disney, era perfeito para ir a festa, eu ainda tinha a tiara com as orelhinhas pretas com laço. Começo a tirar o resto #é,orestoainda# das roupas até achar a tiara.Termino de me vestir indo para a maquiagem que não podia faltar, mas confesso que nunca fui boa com isso, sempre borro o lápis, o rímel ou o delineador, dessa vez eu tinha que tomar um pouquinho mais de cuidado.

Depois de pronta, pego o presente e vou para a festa. Chegando lá, vejo uma bela decoração já na entrada com alguns convidados presentes. Vou entrando no local dando "oi" e sorrindo por quem eu passava até chegar ao John. Ergo os braços e entrego seu presente - Parabéns! Espero que goste! - Digo olhando ao redor para ver se tinha alguém que eu conhecia bem. Vejo Miranda sentada na beira da piscina e vou até lá, me sento ao seu lado e digo - Gostei da sua fantasia! - Olho para mim mesma pensando "eu não tinha nada para usar... Mesmo?"


FANTASIA
PRESENTE HUMILDE HERE

Citei: Miranda e John
Falei com Miranda e John
Notas: Raiva porque quando terminei meu post deu problem na net e eu perdi tudo e.e'
Se precisar editar avisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jane Starbish
Gryffindor
Gryffindor
avatar

Mensagens : 3353
Data de inscrição : 28/12/2011

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Sab Jun 09, 2012 8:04 pm

Vestia um espartilho azul com lilás, uma sainha preta - se é que aquilo era uma saia, pra mim tava mais pra um frufru de bailarina - e no pé um sapato meia pata azul brilhante tão xabuguento - tradução: exagerado, chamativo, escandaloso. Oferta relâmpago: Dicionário Pink por apenas 9, 99. Aproveite! - quanto o resto do figurino. O cabelo caía sobre os ombros descobertos, no pescoço trazia um colar com pequenos pingentes, e no rosto fora a maquiagem os piercings de sempre adornavam - olha eu falando difícil *-* - o nariz e a boca. Sim, aquela pessoa com uma fantasia sexy refletida no espelho era eu. Agora será que alguém pode explicar O QUÊ QUE EU TÔ FAZENDO VESTIDA DESSE JEITO!!? Não! Não precisam falar nada. Eu faço questão de contar pro mundo a crueldade que minha melhor amiga, minha sis de coração, tinha feito comigo me obrigando a usar aquela fantasia. Sim, Tsu e Lauritcha são más, muito más comigo. T.T

Mas então tá né, eu já tava vestida mesmo então vamo nessa. E como diria o melhor herói de todos, Xapolim Colorado, siga-me os bons! Me encontrei com a meninas no Saguão de Entrada e ambas vestiam a mesma fantasia que eu, e a Tsu veio com um - Por St Patrick! Vocês estão esplêndidas!!!! - eu já falei pra essa menina ir procurar um oftalmo mas ela me ouve? Não! Daqui a pouco tá usando um fundo de garrafa e não sabe por quê. Porque tipo, a Lauritcha tudo bem, ela tava gata mesmo com aquela roupa sexy e tal, mas eu? - Ok, você sabe que eu não tenho dinheiro Tsu, não precisa mentir. - agradeci o elogio do meu jeito, então a gente seguiu caminho e chegando lá me deparei com aquela muvulca - tradução: Multidão. Confira a promoção do Dicionário Pink citada á cima - de gente fantasia e se quer saber até que eu não tava pagando mico como pensei que estaria. Tinha gente muito pior e mais ridícula que eu ali, então me senti mais ou menos como quando você sente vergonha de ficar de biquíni na praia, e quando chega lá e vê aquelas situações críticas que elevam sua alto estima quase instantâneamente, tira a roupa na mesma hora.

A primeira coisa que a Tsu foi fazer quando chegou na festa foi ir dá uma beijinho no Timberlake, coitada ninguém merece ter aquele tarado como namorado, nem mesmo de mentira. - Meninas, vou cumprimentar o John e o seu irmão - não consegui conter uma piadinha, sim isso faz parte de mim - Vai lá, e cuidado pra não ser atacada pela revoada de abutres que tá rodeando ele - ri enquanto ela se afastava e me voltei pra Lauritcha - Sinceramente não sei o que eu tô fazendo aqui... - resmunguei deixando bem claro que estava ali porque as duas me obrigaram. Então me lembrei que tinha que cumprimentar o aniversariante - Já volto Lauritcha. - me afastei dela indo até onde John estava - JOOOOOOOOOOOOOOOHN!!! - gritei animada pulando em cima dele e dando um beijo estalado em cada bochecha dando meus parabéns a estilo Pink de ser - Olha só você, tá ficando mais velho hein! - baguncei o cabelo dele como uma tia gorducha faz com o sobrinho fofo.

Eu gostava do John, apesar dele ser amigo do Timberlake ele era legal sabe fora que também era irmão da Lizzie - Olha só, é simples mais é de coração. - entreguei uma caixinha de presente pra ele e dei mais um beijo no rosto dele antes de me afastar. Ia voltar pra onde eu tinha deixado a Lauritcha mas no meio do caminho escorreguei em alguma coisa, que me pareceu ser uma poça, MAS QUEM FOI O IDIOTA QUE MOLHOU O CHÃO!!? Ò.Ó Caí estatelada de bunda bem no meio de duas pessoas que estavam conversando (Temis e Sev), tá o mico já tava pago então eu podia curtir um pouquinho mais o chão debaixo da minha bunda e aproveitar pra descansar um pouquinho né? Aqueles saltos estavam me matando. Então continuei sentada e olhando pra cima com a maior naturalidade e um sorriso acenei pros dois - Oi, alguém aí quer sentar? - a arte de disfarçar um contrangimento, eu domino.

FANTASIA

PRESENTE





Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Charlotte Campbell Weiss
Ravenclaw
Ravenclaw
avatar

Mensagens : 4543
Data de inscrição : 26/08/2011
Localização : Nômade -q

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Sab Jun 09, 2012 8:41 pm

Não posso dizer que eu estava animada para a festa. Pelo menos, não como geralmente ficava – e, agora, gostaria. Minha fantasia também não era lá a coisa mais comum do mundo... Pois é, eu iria de pavão, contudo, um pavão sexy. Até pensei em ir de corvo – sacomé, amo a minha corvinal – mas não acho que esta ave tenha muitas fantasias bonitas. O próprio pássaro não tem lá muitos atrativos, e não era isso que eu queria mostrar na festa de John. Eu queria ser um pavão dessa vez... De charme misterioso e ao mesmo tempo exuberante. Enfim, pra retratar isso em uma fantasia tive que acordar cedo e já começar a me ajeitar.

Os olhos, principalmente, foi uma das partes mais difíceis de fazer. Não que isso seja relevante para os demais, mas pra mim era. Quando acabei, coloquei os presentes de John – dois relógios – em uma caixa preta com uma fita azul clara. Esperava que ele gostasse, pois não havia sido de graça. Aham. E nessa enrolação, acabei demorando mais tempo do que gostaria. Dei os retoques finais na maquiagem enquanto chegava à residência dos Mason. Senti até um friozinho no estômago, cheia de ansiedade. Não exatamente ansiedade... Era algo como um pressentimento. Bom ou ruim? Impossível saber.

Engoli a seco enquanto caminhava pela multidão de alunos. A maioria eu reconhecia perfeitamente, mesmo fantasiados, outros, pareciam irreconhecíveis. Como qualquer convidada, fui até John a passos lentos, enquanto dava uma bela olhada em volta, apreciando a decoração da festa. Sorri meigamente, enquanto tomava seu rosto em mãos e lhe dava dois beijo na bochecha.[color-#0099cc] – Parabéns![/color] – Exclamei, antes de lhe entregar a caixa preta com os relógios – Espero que goste, gatinho – Ri levemente e lhe dei um abraço apertado, antes de soltá-lo e me afastar com um rápido aceno de mão.

Agora, o que fazer? Sentia-me completamente perdida. Ao longe, avistei Rachel, e como não tinha muito o que fazer, caminhei até ela. – Hey, parceira – Lhe dei um beijo no rosto e sorri aconchegante. As festas com a sonserina se tornavam épicas pra mim... Algo me dizia que daqui pro fim da noite era iria dar um jeito de “causar”. – Tudo bem? – Olhei-a de cima a baixo – Nossa – Bati continência diante da autoridade. – Nos vemos por aí... Qualquer coisa, já sabe – Pisquei cúmplice e girei calcanhares, dessa vez, direcionando-me a varanda para pegar minha primeira bebida da noite.


VESTINDO
PRESENTE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Albus Severus Potter
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 1754
Data de inscrição : 01/08/2011

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Sab Jun 09, 2012 10:51 pm

Sorri quando Artemis me reconheceu – Sinceramente, achei que eu ia ter que ficar a noite toda tentando te lembrar de quem sou eu – abracei ela e rapidamente soltei – Ouvi boatos de que você teria perdido a memória... Então – tirei os fones de ouvido e pausei a música no iPod, guardando-o novamente no bolso, porque eu não queria parecer um otário babaca. Quero dizer, isso eu já pareço, mas não vem ao caso. Estava quase terminando de guardar o aparelho quando uma garota escorregou e caiu na nossa frente, logo em seguida olhando para cima e perguntando quem queria se sentar. Segurei o riso, que me saiu uma mescla de risada e uma cara séria. Pigarreei e me abaixei, segurando a garota pelo braço direito e ajudando-a a se levantar com cuidado – Se machucou? – olhei para Artemis e em seguida para ela. Me toquei então que... A garota tinha cabelo cor de rosa e piercings. Nunca imaginei que ia achar alguém daquele jeito em Hogwarts, levando em conta que deveriam existir vários metaformagos, mas alguém com piercings... Jamais. Então, me toquei novamente que era ela de quem Fred tanto falava, que tinha beijado e que ela tinha se amarrado nele. Por um momento, me veio a cabeça ‘como alguém gosta daquele brutamontes?’, mas era melhor guardar esse pensamento só para mim.

Olhei ao redor. Nada do James. Será que aquele babaca não ia aparecer nunca? Ia me deixar ali plantado segurando uma espada e um escudo totalmente letais? Não queria nem ver a cara do papai se descobrisse que alguém tinha morrido culpa da minha ‘fantasia’, se é que podemos considerar um jeans, blusa, jaqueta, tênis e alguns apetrechos uma fantasia real. Ainda bem que eu não tinha ido fantasiado de mosqueteiro igual sugeriram, cabelo comprido, espada, bota e roupas antigas e feias. Eu ia ficar parecendo uma garota, disso tinha certeza. E ai meu irmão mais feio que eu, poderia me irritar à vontade por todo o resto das nossas vidas juntos, que segundo eu, vai ser bem pouco, porque assim que eu me formar saio de casa e vou pro Egito, carregando Lily comigo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jacob Wingfield
Hufflepuff
Hufflepuff
avatar

Mensagens : 1318
Data de inscrição : 02/10/2011

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Dom Jun 10, 2012 5:03 am

John Mason era um carinha bacana e boa pinta da Corvinal que tava começando a fazer sua fama nessa escola. Buscava a fama de quem já tinha feito antes dele. Típico. É bem assim que as coisas acontecem: em todo galinheiro de vez em quando aparece um frango aqui e ali, mas nesse terreiro quem manda é o galo velho aqui. Isso, eu era o galo velho e John o frango. Só que nada como um dia após o outro, porque depois do galo velho sempre vem um galo novo. E eu sabia disso, sabia que quando eu deixasse Hogwarts haveriam novos galos pra comandar o terreiro. Só que por enquanto eu ainda estava ali, então os frangos iam ter que comer um pouco mais de ração e esperar a minha ida.

O corvino estava se esforçando. A galera gostava dele e ele decidiu fazer uma festa de arromba pra comemorar seu aniversário e conseguiu até convencer o diretor a liberar geral na escola pra ir pra festa. Claro que as coisas em Hogwarts andavam muito flexíveis nas mãos daquele babaca que era o atual diretor. O importante era a festa. Seria uma bela de uma festa de arromba, apesar de que Mason havia literalmente cagado no pau com o tema festa a fantasia, porque né? Quer coisa mais antiquada que festa a fantasia? Podia ser uma festa na piscina, festa do cabide, ou logo uma festa de todo mundo nu sem esses nomes de falso pudor.

A oportunidade era incrível: sair da escola (conseguir mais fornecimento) + ter uma festa (conseguir mais demanda) = mais lucro. Equação perfeita. Já tinha algumas encomendas para a festa de gente que adorava se chapar e ficar doidão. Tinha também gente querendo só para se divertir mais. Outros querendo ecstasy para aumentar o apetite se é que me entendem. E o bom é que como estávamos longe de Hogwarts começavam a aparecer vários clientes novos, todos saidinhos, aproveitando que estavam longe do castelo para aprontar o que não tinham coragem de fazer lá com medo de serem pegos.

Eu é que não tinha medo. Fazia lá embaixo do nariz de todos e faria na festa também. Se fosse pego sairia na capa do profeta com reportagem da Sra. Mason, ficaria famoso, seria recrutado por alguém da máfia russa e ficaria mais rico ainda. O lado ruim é que papai me deserdaria. Mas bom, ele não tem nada de valioso pra me deixar além daquele palacete velho e depredado. Não tinha nada de importante a perder. Nada mesmo.

Tinha combinado com James e Kevin que iríamos fazer um trio de espartanos. É, na história eram trezentos, mas nos três valíamos por trezentos. Era uma fantasia meio escrota, só um cuecão de couro (coisa que achei extremamente gay, mas que James adorou), uma espada, um escudo, um elmo, uma capa vermelha e uma sadália de couro com tiras que não sei exatamente o nome cientifico. O lado ruim é que não tinha onde esconder os produtos, por isso levei duas caixas: uma com o presente e outra com a mercadoria. O presente? Um exemplar de “Doze maneiras infalíveis de encantar bruxas”, porque John ia precisar se quisesse ser o galo novo do terreiro.

Chegamos juntos na festa, o trio: Jake, James e Kevin. Todos semi nus naquela fantasia de espartano e chamando muita atenção porque... bom, éramos nós e todo mundo admirava a gente. – Ok babaquinhas, quem pegar menos mulher paga uma rodada de firewhisky na próxima vez que formos a um bar beleza? Propus e em seguida apertei a mão de cada um deles selando o pacto. E entramos na casa indo até onde o aniversariante estava.

– Parabéns John. Disse sem cerimônias. – Onde está sua irmã mesmo hein? Perguntei sem rodeios. – Enfim, uma lembrancinha pra você. Entreguei-lhe o seu presente e fui dar uma voltinha na festa. Enquanto todos estavam indo pegar suas primeiras bebidas eu estava indo despachar logo todo o estoque pra curtir a festa tranquilo. É, ossos do oficio.

Fantasia: Here.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kriahylla F. Stravinsky
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 1310
Data de inscrição : 29/04/2012
Localização : No seu bolso? Acho que não...

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Dom Jun 10, 2012 2:29 pm

Preciso deixar bem clara a parte em que festas não fazem meu estilo? Eu gosto de participar de festas, sim, mas não quando estão no período da Lua cheia e eu tenho que me preocupar com Urick. Meu irmão é um lobisomem, então as coisas não são lá as maravilhas para mim. Antes dos meu onze anos, eu podia passear pela casa em qualquer dia do mês, sem correr o risco de ser atacada, podia ficar no jardim até tarde... Hoje não. Eu tenho que sempre fazer o máximo pra não morrer atacada e pra ele não morrer atacado. Entendeu? Eu tenho que me virar por dois. E depois ainda me perguntam porque eu ando armada.

Bem, acontece que eu fui convidada pra uma festa. John Manson, corvino, estava fazendo dezoito anos, e resolveu promover uma grande festa à fantasia em sua casa. Urick tinha me deixado ir, dizendo que não era para me preocupar com ele e me divertir por nós dois. Acontece que como sempre, eu não tinha uma fantasia decente pra usar nessa data tão especial, então fiz o favor de pegar uma roupa que parecia mescla de vestido e shorts, do fundo do meu malão. Segundo minhas lembranças não era pra ter que usar aquilo até o fim do ano, na minha formatura, isso é, se eu tivesse bons N.I.E.M’s e não repetisse. Por amor à minha vida, eu me obriguei a colocar um sapato de salto, que não fazia a minha cara, e se não me engano, eu tinha ‘pedido emprestado’ proUrick pra minha mãe. Ok, terminei de arrumar as minhas coisas, peguei o presente e uma bolsa, que parecia uma carteira evoluída, tipo Pokémon. Sai as pressas em direção a festa, porque eu tinha certeza que estava atrasada, como sempre. Em matéria de atrasos, eu tiraria dez, tenha certeza quase absoluta.

Chegando por lá, procurei John. Eu não conhecia quase ninguém que estava ali, então era minha salvação ele ser o aniversariante. Me aproximei do garoto, ele já segurava muitos presentes, e por um momento eu imaginei ele rolando a escada com tudo aquilo. Balancei negativamente a cabeça, como se mandasse esse pensamento embora. Abracei ele rapidamente, como um cumprimento – Feliz aniversário – Sorri sem graça e entreguei-lhe o presente – Espero que goste... Sabe, não sei escolher presente para garotos – olhei para os lados – E a roupa... Eu não tinha fantasia, sinto muito mesmo – Me afastei dele, indo procurar alguma coisa para fazer. Ficar sozinha era uma boa opção, mas acontece que a festa estava tão movimentada que não ia ter como. Acabou que eu fiquei perto da piscina, olhando a movimentação.

Roupa
Presente

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leah Megan Rosier
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 1190
Data de inscrição : 09/04/2012
Localização : No covil de -A! HÁ

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Dom Jun 10, 2012 6:41 pm

É, haveria uma festa hoje. Nunca fui muito de ir em festas... Muito menos a fantasia. É estranho chegar em um lugar onde você pode encontrar várias pessoas com máscaras, vestidos (ou não), era mais uma reunião onde se apresentava vários tecidos e texturas diferentes entende? Bom, eu fiquei um tempo meio parada, quieta dentro do quarto, eu precisava sair um pouco. Ainda tinha um vestido de princesa guardado bem no fundo das minhas coisas, eu comprara a pouco tempo para esses tipos de ocasião.

Viver as minhas próprias custas não era tão ruim assim, tinha mais liberdade para fazer o que eu bem entender, apesar de ainda sentir falta de alguém no meu pé me dizendo “o que fazer”, “como fazer” e “quando fazer”, mas sinceramente, isso não vinha ao caso. Precisava terminar de me arrumar logo. Pego o vestido que estava todo amassado e dou algumas batidinhas no mesmo. Ele até que era bonito, um vestido com bastante renda, cheio de “coisinhas” douradas pregadas, era uma boa escolha. Só precisava de alguns acessórios a mais para não ficar muito apagado.

Abro uma caixinha com algumas joias e bijuterias que eu tinha, vejo um colar de ouro que iria combinar perfeitamente com o vestido. O coloco no pescoço dando uma ajeitada nos cordões que o compunham. O que mais faltava? O cabelo... Para mim sempre era a parte mais difícil já que meu cabelo era cacheado e armava facilmente. Pego uma escova, muitos (e muitos) elásticos e uma tiara que estava dentro da caixinha. Começo a escova-lo para cima dando alguns nós em alguns cachos. Deixo alguns fios soltos e o resto prendo para cima fazendo um coque e logo coloco a tiara para dar o detalhe. Assim que termino, pego o presente e vou para a festa.

Entro no local que já estava cheio dos convidados, vou até John, o aniversariante e entrego seu presente apenas dando um sorriso e me afastando. O local já estava cheio demais para cada um ter seu próprio canto. Pego uma bebida qualquer e me sento no sofá olhando o movimento, prestando atenção para nada cair no vestido.

FANTASIA
PRESENTE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chaos Blackthrone
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 285
Data de inscrição : 16/04/2012

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Dom Jun 10, 2012 7:22 pm

Já era mais do que na hora de entrar na onda de festas desse castelo. Muitos adolescentes viviam indo se divertir enquanto eu ficava quieto em um canto só assistindo os maiores acontecimentos. Chega uma hora que isso cansa, sabia? Tem um determinado momento que você quer fazer parte disso e é bem assim que eu me encontro neste exato momento.


Eu já havia comprado tudo, a fantasia, o presente e algumas coisas a mais que eu estava precisando. Não ia perder uma boa noite por nada, mesmo que o meu amor não fosse comigo, eu ia curtir pelo menos um pouquinho só. Não sei se vai ser chato ou qualquer coisa do tipo, mas sei que depois eu iria querer ir até a casa da Miranda para ver como ela estava e se eu podia ficar um tempo com ela, conversando e fazendo coisas que namorados fazem.


Acho que acabei ficando com um pouco de receio de entrar na festa, além do mais, eu não conhecia muita gente e muito menos o aniversariante. Só sabia o nome do cara e nada mais do que isso... Sou meio tímido e isso não ajuda nem um pouco em momentos como esses. As pessoas passavam e iam entrando no recinto sem se importar com mais nada. Parecia estar bem divertido lá dentro e isso me deu coragem o bastante para entrar na festa.


-Feliz aniversário. – Falei para o garoto e logo lhe entreguei o presente. Nem era muita coisa, tipo só uma blusa que eu havia comprado e uma jaqueta de couro. Sem demorar muito eu comecei a caminhar pelo lugar e vi as diversas fantasias. Com toda certeza eu parecia um verdadeiro mané. Vestia um uniforme de basquete vermelho e carregava uma bola de basquete embaixo do braço. Caminhei pelo lugar sem reconhecer muita gente, até que vi a pessoa que eu menos esperava encontrar aqui.


-Miranda? O que você está fazendo aqui? – Perguntei com um sorriso sem graça. Fitei-a por um momento e então comecei a brincar com a bola para disfarçar meu nervosismo. Não queria brigar com ela nem nada assim, mas infelizmente Miranda havia mentido para mim sobre a festa e isso de certo modo me deixou magoado.

FANTASIA

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miranda M. Shitzeens
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 4211
Data de inscrição : 03/03/2012
Localização : Boca da Cornucópia *¬¬*

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Dom Jun 10, 2012 8:52 pm

É, você nunca vai conseguir relaxar em uma festa, por mais que tente. Descobri isso da pior maneira possível, porque bem no meu momento de retiro espiritual, a louca da Chloe apareceu e acabou com a minha ‘festa’. Sorri e olhei pra ela. Realmente, até sua fantasia era melhor que a minha – Obrigada Chloe, sua roupa também está super maneira – olhei para a água e fiquei brincando com ela por alguns momentos. Se é estranho ir em uma festa à fantasia, imagine ir em uma festa à fantasia onde todos pensam que você é uma louca suicida. Quero dizer, isso tem um fundo de verdade, porque eu realmente tentei me afogar no banheiro dos monitores e acabou dando errado. Parei de brincar com a água e estava pronta para me levantar e andar pela festa quando ouvi uma voz atrás de mim. Me virei rapidamente e vi Chaos parado ali, com um uniforme de basquete, aquele esporte trouxa. Fiquei olhando apaixonada para ele por alguns minutos antes de balançar a cabeça negativamente e me levantar de um salto.

- C-Chaos? – pisquei algumas vezes, pensando que ele era uma miragem. Uma miragem muito linda, mas isso não vem ao caso – Eu resolvi aparecer por aqui... Te atrapalhei em alguma coisa? – disse firme, pensando no fato dele ter um caso com outra garota. Mas eu acho que não é uma opção muito provável – Desculpa, sério. Eu decidi vir de ultima hora... – Me senti o Liam naquela hora. Algum tempo antes, Kelly tinha achado ele em uma festa, quando tinha dito para ela que Liam estava possivelmente dormindo. Virei quase que automaticamente para Chloe – Vou te deixar sozinha por um tempo, ok? – Nem esperei sua resposta, peguei meus sapatos que estavam jogados onde eu estava sentada antes e segurei a mão livre de Chaos. Puxei ele para uma área mais afastada.

- Chaos, eu não quero brigar com você por um motivo tão idiota quanto uma festa. Eu devia ter te avisado, mas nem pensei nesse fato. Não quero terminar nosso namoro... Me desculpe – abracei nem ligando pro fato de que possivelmente ele estaria bravo comigo. Ali, naquela hora, só queria me explicar e que ficasse tudo bem, porque eu realmente amava muito aquele garoto e não queria perde-lo por nada desse mundo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chloe D. Angel
Gryffindor
Gryffindor
avatar

Mensagens : 2907
Data de inscrição : 19/07/2011
Localização : Na tua cama -.-

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Dom Jun 10, 2012 9:53 pm

Um fato? A fantasia de todo mundo estava dez mil vezes melhor do que a minha. Não que eu me importasse com isso, mas era um dos focos da festa e usar um vestido de bolhinhas não era lá aquela coisa. Percebo que tinha mais gente chegando na festa e penso em entrar, estava frio para ficar aqui fora, ainda mais eu com esse vestido.

Sorrio para Miranda quando ela diz sobre minha fantasia. Logo vejo Chaos, o namorado dela chegar todo “esportivo”. Assim que ele começa a falar com ela me sinto uma intrometida no meio de toda a história, ainda não sabia como eles tinham começado a namorar e nem por que Miranda tinha ido a festa quando ela disse que não ia. Isso é uma briga de casal, não ia me meter.
- Pode ir lá, Mih! – Vejo ela indo falar com Chaos. Viro de costas me voltando para a piscina e começo a passar a mão na água enquanto pensava em tudo, principalmente nas aulas de matérias importantes que eu havia perdido em Hogwarts e precisa repor logo.

Após sentir um vento mais frio ainda, me levanto e me dirijo lentamente para dentro, onde tinha mais gente e onde estava mais quente. Pego qualquer coisa para comer e uma bebida enquanto esperava Miranda. Vejo a Jane sentada no chão com a típica cara de quem aprontou – Hã, Jane, ta tudo bem? – Digo enquanto me aproximava dela – Bebeu muito, foi? – Digo sorrindo enquanto via que Artemis e Sev a olhavam com a mesma expressão que a minha.



Citei: Miranda, Chaos, Jane, Artemis e Albus
Falei com Miranda e Jane
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lion Owena Griffiths
Ravenclaw
Ravenclaw
avatar

Mensagens : 214
Data de inscrição : 03/07/2011

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Seg Jun 11, 2012 5:28 am

Live and let live

Estava em casa, o clima andava meio mal desde que minha avó estava doente, sem falar que no mesmo período que ela tinha ficado mal minha namorada resolveu me chutar, sem mais nem menos sem nem ela simplesmente disse que não estava dando certo, que eramos diferente e enfim fui largado. Pois é não vou ser o primeiro nem o ultimo cara que vai ser largado. Mas uma coisa que eu não entendia era porque essa mudança, andávamos tão bem, e de uma hora para outra ela ela me deixa. Mudei minha vida por ela, nada de garotas de galinhagem apenas ela, sim eu a amava, e ainda tentei milhoes de vezes contato com ela, e ela sumiu, não respondia minha cartas ate que um dia deixei de mandar, entei numa fossa daquelas.
Mulher acaba com a vida da gente, é serio, chega destrói e depois se manda depois que tirou tudo de você, mas a verdade é que a gente não fica sem elas. Bem então depois de uns mês, nem eu mais podia me aguentar, simplesmente resolvi da basta naquilo, não ia fica sofrendo não. Simplesmente resolvi seguir em frente,

Quando eu digo segui em frente não é só levantar e leva a vida não era mudança geral, isso significava que o velho Lion tinha voltado e não ia ficar se prendendo as coisas do passado não. Voltei para escola na semana seguinte e vejam só já fiquei sabendo que iria rolar uma festa e acham mesmo que eu ira desperdiça, nem um pouco. Minha avó já estava melhor, eu havia decidido voutar a ser o velho Lion que curtia uma boa e sempre estava acompanhado de uma bela mulher, e sem compromisso serio.
Dia da festa eu esta em meu quarto me arrumando, tinha convidado para ir comigo a Rachel, sim a aquela sonserina linda, que agora era um partido livre em Hog já que havia terminado com o James. Me ofereci para pega-la em casa mas ela achou melhor nos encontrarmos na festa, e é claro eu concordei. Completamente arrumado falei com minha familia antes de sair. Assim que pisei na propriedade da pra ver e ouvir que a festa já tava a todo vapor, entrei desviando de algumas pessoas , primeiramente fui falar com John. – Ai cara! - cumprimentei ele – Parabéns parceiro! - disse lhe entregando seu presente.
Após falar com John, fui procurar a Rachel que pelos meu cálculos da deveria ter chegado, não foi dificil de encontar-la, e assim que a avistei me aproximei dela a abraçando por tras e mordendo o pescoço – Nossa! Está maravilhosa! Ainda mais do que o de costume, serio , mal posso me conter de tantas ideias que você esta me dando! - sorrio maroto – Espero não ter deixado você esperando por muito tempo! De qualquer modo pretendo me redimir fazendo o que você quiser!

Post: 001; Musica: Live And Let Die- Guns N' Roses; Notes: n gostei mt ando enferrujado x.x ... presente do John e Fantasia do Lion

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Augustine Sevigny
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 1194
Data de inscrição : 30/07/2011

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Seg Jun 11, 2012 3:54 pm

Essa cidade não cansava de festas?
Francamente, Antes de mais, eu gostaria de esclarecer que não sou uma pessoa muito dada a festas...
O conceito de estar fechada/barrada no meio de uma multidão de gente nunca me seduziu muito particularmente.
Só em que eu poderia imaginar que haveria muita gente bêbada e ate mulheres semi-nuas, me dava nos nervos e me aborrecia profundamente- acontece que por outro lado eu devera ir a festa. Não, eu não sou uma sociopata nem louca e como você deve saber tudo que falo tem uma logica significativa:

Mas a verdade que eu não queria ver meu pai descontente comigo, e eu tinha feito as passes com a Arthemis e tentava de modo menos arredio e frio, algum tipo de laço fraternal com ela que por imcrivel que pareça estava cada fez mais evasiva e estranha comigo. Entenda, foi uma mudança muito drástica tanto para ela quanto para mim, eu estava tentando ajuda-la mas a coitada estava mais perdida do que cego em tiroteio. E como se não bastasse eu tinha que ser a ‘baba’ dela. Não. Eu não estou reclamando. É que eu já estava me tornando chata, as vezes eu pensava assim. Notei que ela não estava mais tao confortável com as minhas intervenções ao que referia ao seu namoro com Orion, sua amizade com o James e outros assuntos afins.

Meu dever de casa estava praticamente intacto desde o início do ano, e olha que eu era uma aluna esforçada, e um tanto CDF. Mas, com uma conversa franca com Rachel e Amber, ai, pour Amber e ytinha decidido a espontânea pressão que deveria ir a festa: 1º) Por conta da Arthemis, eu realmente estava pensando ser uma pessoa melhor. E mais sociável, sem tirar que algumas pessoas ainda continuavam a ser extremamente irritantes.

O que importava era que maaais uma festa, e dessa vez de um cara que eu realmente nunca tinha tido contato, para piorar a minha habitual timidez, ainda era uma festa a fantasia. Que fantasia eu iria ? Boneca. Por que boneca? Por motivos óbvios bastava me olhar no espelho. Comprei um relógio para o aniversariante e sai para a residência dos manson com aquela roupa me fazendo pinicar. Suspirei tentando encher meus pulmões de ar. Paciência Augustine. Paciência. Voce vai conseguir achar Arthemis. Entrei na festa e passeei meu olhar dentre os convidados. Por incrível que parecesse havia gente de tudo e qualquer tipo, mas não me prolonguei em ficar observando as fantasias das pessoas, teria muito tempo para isso e foi quando olhei os lindos cabelos ruivos da minha prima a cintura bem delineada em uma saia que parecia ter saído dos contos das mil e uma noites. Me aproximei e deipositei um beijo na sua face.
- Desculpe, moça, mas sou sua cão guia....- foi a única coisa que consegui dizer antes de meus olhos pousarem no acompanhante dele e eu ficar muda, olhando para Albus Severus Potter, o garoto que um dia tinha roubado meu coração
.
roupa bonecapresent
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Artemis Erdenko
Aigam
avatar

Mensagens : 1150
Data de inscrição : 29/06/2011

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Seg Jun 11, 2012 7:56 pm

Sev escreveu:
– Sinceramente, achei que eu ia ter que ficar a noite toda tentando te lembrar de quem sou eu

- Veja, você foi premiado! - Ri da afirmação dele e estava ali num raro momento de: conheço você, como Sev com direito a abraço empolgado e tudo o mais quando ele falou alguma coisa sobre minha querida amnésia

Sev escreveu:
– Ouvi boatos de que você teria perdido a memória... Então

– Não são boatos, Sev – sorri neutra. Percebi que quando fazia isso as pessoas se sentiam melhores e eu também, porque ficava livre daqueles olhares de pena – Não lembro de muita coisa dos últimos dois anos...-Respondia quando fomos surpreeendidos por um baque surdo, que mais lembrava o de uma queda ao nosso lado. Olhei na direção de onde viera o som a tempo de ver Jane nos sorrindo constrangida

Jane escreveu:
- Oi, alguém aí quer sentar?

Seguida de uma segunda voz

Chloe escreveu:
– Hã, Jane, ta tudo bem? Bebeu muito, foi?

A garota morena se aproximou de nós estava sorrindo para Jane e dirigiu esse mesmo sorriso para Sev e eu - Agradeço mas estou bem em pé, Janezita...- mantive o sorriso ao passo que Sev ajudava Jane a se levantar, ainda o ouvi perguntar. Fitei a garota preocupada mas ante a aparência de tudo bem a envolvi num abraço caloroso. Eu lembrava dela também e isso não era nada mal, afinal nem tinha como esquecer da melhor amiga da Sophie né? Feito isso me voltei para a garota que se juntara a nós e me apresentei... Bem, dela infelizmente eu não lembrava, sabia apenas que era da mesma casa da Jane e do Sanders. – Olá... eu sou a Artemis, acho que não nos conhecemos...- bem, SE nos conhecêssemos ela saberia relevar meu lapso. Pelo menos é o que eu espero. Apresentações feitas, prossegui.

- Estão gostando da festa? Aliás, devo dizer que vocês estão adoráveis nessas fantasias meninas... Isso é Moulin Rouge, Jane? – indaguei dela antes de me voltar para Sev – E você está inovador vestido de você mesmo – brinquei, ao passo que senti alguém beijar meu rosto. Não pude evitar um certo assombro com o gesto, mas logo me tranquilizei quando reconheci minha prima. Ué, ela não disse que não viria a festa?

Tine escreveu:
- Desculpe, moça, mas sou sua cão guia...

Retribui o cumprimento e a medi sorrindo – Pensei que não gostasse de festas, meu cão guia preferido, se bem que estou desmemoriada, não cega... - ri - Mas que bom que veio! - a abracei enquanto a apresentava ao resto do grupo. Hábito que adquiri nas últimas semanas – Tine, esses são Jane e Chloe, elas são da Grifinória e este é o Sev, da mesma casa que você– Foi aí que percebi a tensão pairando ali. Havia eu perdido alguma coisa? Com certeza... então melhor consertar esse desastre - Então acho que se conhecem... estou certa?Eu e meu hábito de reapresentar todo mundo- - completei sem graça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rachel K. D'lacroix
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 4399
Data de inscrição : 03/07/2011

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Ter Jun 12, 2012 4:06 pm

A música bombava tocando alto e agitada fazendo os corpos fantasiados se agitarem na pista de dança, enquanto eu estava parada diante do balcão do bar de costas para todos, e concentrada demais no copo de vidro que segurava na mão. Eu iria e queria dançar, e curtir muito aquela festa como á muito tempo não fazia, mas alguma coisa ainda me continha, talvez a estranha sensação de que algo ainda me prendia. E essa coisa tinha nome e enderço, James. Quando que eu ia me livrar daquela sombra afinal? - Hey, parceira - desviei o olhar do copo para encontrar o de Char toda glamurosa numa fantasia de pavão, estava linda. - Gostei da fantasia parceira, bem criativa. - a elogiei enquanto retribuia o beijo no rosto dela. Sim, esse era meu jeito de elogiar o que por si só já raro de acontecer.

Ela me olhou de cima a baixo conferindo minha fantasia e assumi a postura de militar batendo continência pra ela com um sorriso - Pois é, cuidado parceira porque tem autoridade na área. - pisquei rindo, afinal se tinha chances de alguém aprontar naquela festa esse alguém era eu mesma. - Nos vemos por aí...Qualquer coisa, já sabe - ela sorriu cúmplice provavelmente pensando o mesmo que eu em seguida se afastou. Talvez eu a chamasse mais tarde pra me acompanhar num showzinho de dança em cima do balcão como na primeira festa em que fomos juntas, quem sabe. Tornei a me recostar no balcão tomando mais um gole de Wisky, e não demorou muito fui surpreendida por alguém me abraçando por trás mordendo meu pescoço. Por uma fração de segundos pensei que era James, mas logo me lembrei que tínhamos terminado, e a voz que sussurrou no meu ouvido confirmou ser outra pessoa.

- Nossa! Está maravilhosa! Ainda mais do que o de costume, sério, mal posso me conter de tantas idéias que você está me dando! - me virei de frente pra ele e envolvi seu pescoço com os braços deixando nossos rostos á centímetros de distância - Você tem noção do perigo que acabou de correr me surpreendendo desse jeito, Griffiths? - repreendi com um leve sorriso malicioso no canto dos meus lábios - Espero não ter deixado você esperando por muito tempo! De qualquer modo pretendo me redimir fazendo o que você quiser! - eu realmente odeio esperar, mas levando em consideração que durante seus minutos de atraso eu nem sequer tinha me lembrado que o esperava, o perdoaria. - Tudo bem, eu posso pensar em várias maneiras de você se redimir - respondi dando um passo para trás para conferir seu modelito pirata - Acho que você é o Pirata mais sexy que já vi. - aproximei meu rosto de seu ouvido - Tô pensando seriamente em usar minha autoridade pra abusar de você. - sussurrei mordiscando sua orelha e seguindo uma trilha de beijos por seu pescoço, até selar meus lábios nos dele iniciando um beijo caloroso.

FANTASIA

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chaos Blackthrone
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 285
Data de inscrição : 16/04/2012

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Ter Jun 12, 2012 6:14 pm

- Terminar o namoro por conta disso? – Falei assim que escutei as palavras dela. Em nenhum momento eu pensei nisso, além do mais, eu amo essa garota e acho que se um dia nós terminarmos de verdade, isso não irá partir de mim e sim dela. Não sou o tipo de menino cafajeste que fica iludindo as meninas e finge se importar com elas. Pode acreditar que eu sei ser uma pessoa sensata.


A fitei por um momento e então sorri animado para ela, larguei a bola no chão e a puxei de leve para meus braços. – Não terminaria com você, nunca. – Olhei em seus olhos e então a beijei como se fosse à primeira vez. Seus lábios delicados moldados aos meus, sua pele macia junto da minha e sem contar na explosão de sentimentos que tinha ao beijá-la, simplesmente incrível e inesquecível.


Assim que nos separamos acariciei seu rosto com a ponta dos dedos e a segurei pela cintura. Sorri de leve para ela e beijei sua bochecha. Sim, eu gosto de ficar mimando minha namorada e não vejo problema algum com isso, e além do mais, acho que ela gosta também. Por que outro motivo ela iria deixar eu enchê-la de beijos e carinhos? Não sei, sinceramente. – Fico feliz que você tenha mudado de ideia. Eu ia passar na sua casa depois que fizesse um pouco de hora aqui. – Falei em um tom terno e gentil.


Gentilmente a conduzi até um sofá que tinha ali no recinto e fiz com que ela sentasse no meu colo para que pudéssemos conversar e passar um tempo juntos. Sei lá, gosto de ficar ao lado dela e sem contar que eu não conheço muita gente nesse lugar, mas fico surpreso que minhas irmãs não tenham vindo. Imagina a bagunça que seria as duas juntas e o Kevin aqui!. – Amor, senti sua falta. Como você está? Me conta tudo. – Falei a ultima parte em um tom divertido. Pelo visto a noite seria longa...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jane Starbish
Gryffindor
Gryffindor
avatar

Mensagens : 3353
Data de inscrição : 28/12/2011

MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   Ter Jun 12, 2012 6:23 pm

Bom, pra começo de conversa tecnicamente nem era para eu estar naquela festa, fala sério eu ainda tô no meu momento deprê, quer dizer, tá certo que a declaração do BenDelícia tinha dado um ânimo á mais, não sei se você percebeu mas meu cabelo voltou á ficar colorido e tal, e considerando que a metamorfomagia sempre faz o favor de denunciar minha instabilidade emocional, logo chega-se a conclusão que eu estava um pouco menos deprê. Acompanhou meu raciocínio? Não? Então desiste porque a cabecinha da Pink aqui é difícil de entender. Mas o que eu realmente estou querendo dizer, ou melhor, estava me perguntando enquanto descansava confortavelmente sentada no chão do salão sob olhares curiosos era O QUÊ QUE EU TÔ FAZENDO AQUI!??

- Hã, Jane, ta tudo bem? Bebeu muito, foi? - olhei pra cima e me deparei com Chloe sorrindo pra mim - Você sabe que eu nem preciso beber pra pagar mico Chloezita u_u - respondi num tom orgulhoso, afinal não é a toa que sou melhor amiga da Tsu, a diferença entre nos duas é que ela causa um Tsuname onde passa e eu só uma ondinha de três metros. Finalmente uma alma caridosa me ajudou a levantar perguntando se eu tinha me machucado, e eu tinha? - Não, vaso ruim não quebra meu bem. - respondi com uma piscadela em tom de brincadeira. E assim que fiquei de pé fui recebida com um abraço, own a Temis não é mesmo uma fofa? *-* Eu adoro essa menina, até mesmo desmemoriada ela lembrou de mim, isso é tão emocionante. - Tudo bem Temizinha? - perguntei retribuindo o abraço e dando um beijo estalado no rosto dela.

Em seguida me virei fazendo o mesmo com Chloe e o garoto que eu nem sequer conhecia, mas e daí? Sou simpática tá! - Estão gostando da festa? Aliás, devo dizer que vocês estão adoráveis nessas fantasias meninas... Isso é Moulin Rouge, Jane? - não consegui disfarçar uma careta quando ouvi aquele nome, sim eu já estava me sentindo a própria dançarina do Moulin Rouge com aquele espartilho me apertando, só não sabia se tinha a mesma sensualidade de uma - É uma tentativa né. - respondi rindo - Foi idéia da Sophie e da Laura, estamos as três iguais. - as dançarinas já tinha, só faltava o número de dança. Uma garota vestida com o que parecia ser uma fantasia de boneca que tava uma graça, se aproximou falando com Temis. - Oi Tine! - a cumprimentei com um sorriso largo beijando seu rosto, tentando quebrar o clima estranho que surgiu de repente quando Temis apresentou a prima pro Albus.

FANTASIA

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
FESTA DE JOHN MASON - 6 de Abril (21hrs).
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Entrevista a Masashi Kishimoto na Jump Festa 2012
» John McGregor
» Festa de Natal
» Projeto Destaque do mês de Abril
» [Teste Teórico] John Cilan

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Residência Mason-
Ir para: