InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Bem vindo

Bem vindos!



Sejam bem-vindos!
Novato no fórum? Registre o seu personagem e crie sua ficha.
Bom jogo!
Calendário
DATA ON: 22 a 28 de Setembro de 2019.



» CLIMA: Nublado, gélido e sujeito a ventanias.
» ALUNOS: aulas (Duelos, Adivinhação e Runas Antigas). Festa do Pijama. ADULTOS: ações livres tanto no Castelo quanto no mundo bruxo.
Destaques

(Por ranking).

Sonserina - 79 PONTOS.

Corvinal - 74 PONTOS.

Lufa-Lufa - 30 PONTOS.

Grifinória - 5 PONTOS.



Links úteis

LINKS ÚTEIS.


» Trama.
» Regras.
» Avisos.
» Listas.
Parceiros
Quer ser Parceiro? Adicione nosso button e envie um email para accio.forever@gmail.com



Créditos


Créditos.


O Accio Hogwarts é um Fórum de RPG baseado nas histórias de J.K.Rowling. Sem fins comerciais. Todo conteúdo disposto no fórum - imagens, html e tramas - é de uso único e exclusivo do ACCIO HOGWARTS.

Compartilhe | 
 

 Samantha Montgomery

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Samantha Montgomery
Gryffindor
Gryffindor


Mensagens : 1
Data de inscrição : 29/06/2011

MensagemAssunto: Samantha Montgomery   Qua Jun 29, 2011 10:51 pm




;Nome: Samantha Montgomery
;Idade: 16 anos
;Raça (bruxo, mestiço, nascido trouxa): Puro
;Data de nascimento: 20 de Abril
;Onde nasceu: Londres

;Família: Anthony Montgomery e Cheryl Montgomery [pais] Dana e Travis f Montgomery [avós paternos] e Katie e JimO’Kee [avós maternos]

;Avatar/Photoplayer utilizado: Candice Accola

{Dados Bruxos}
;Casa que pertence:Grifinória
;Ano: 6ºano
;Varinha:
Vinte e seis centímetros, farfalhante, feita de Salgueiro. Boa para encantamentos.
;Animal de Estimação: uma coruja chamada Pinoquio

;Historia

;Oi, meu nome é Samantha Montgomery, tenho 16 anos . Nasci da barriga da minha mamãe Very Happy. Em Londres. Sou bruxa, sou da casa de Grifinoria e gosto do Charles . Gostou da minha historia? Óptimo é só isso...pode ir. Ta dispensado xuxu.

;AAAAAAAAAAAAAH ta, só para não me encherem mais ainda.
Tudo começou a uns 20 anos atrás. Meus avós eram pessoas conservadoras demais, minha mãe era uma garota bonita de olhos azuis e cabelos loiros e desde dia em que nasceu que estava prometida a um filho de um senhor mais poderoso da cidade. Anthony Montgomery. Os meus revoltaram-se, afinal eles não se amavam para casar para uma vida inteira. Mas nada demovia os meus avós, os filhos tinham sido prometidos um ao outro e iriam casar nem que isso fosse a ultima coisa que os meus avós iriam fazer. Apenas era uma lição de vida, honrar os nossos compromissos! Fosse qual ele fosse...

;Os dois futuros marido e mulher andavam agora na Faculdade de Winchester, a minha mãe tirava agora medicina, na especialidade de obstreticia. O meu pai tirava jornalismo na faculdade de direito de Winchester. Assim que a minha mãe completou os 18 anos atingindo a maioridade os meus avós como estava prometido casaram na igreja de Winchester no dia 15 de Setembro Cheryl e Anthony. Viviam ambos na mesma casa mas quase não pareciam casados, os dois apenas sentiam um leve amor, aprendido com o tempo. Nada o suficiente para se casarem. Mas isso ao longo dos anos iria mudar. Passou um ano e foi como Cheryl e Anthony sempre tivessem apaixonados. A minha mãe era agora médica, uma medica de renome... obstreta e meu pai era advogado e jornalista também conhecido. A vida deles já estava organizada, o suficiente para terem uma filha. E após terem as carreiras decidiram ter então um filho. E é nessa parte que a vida deles melhora com o nascimento de uma criança. Os meus pais irradiavam felicidade por todo o lado, nunca tinham estado tão felizes. Se fosse um rapaz se chamaria de Anthony ou Travis, se fosse rapariga iria se chamar de Mellanie ou de Samantha. Os meus avós estavam felizes por virem a ter uma neta ou um neto, principalmente porque seria a prova que Cheryl e Anthony se amavam. E que a felicidade que eles viviam não seria apenas uma farsa, uma mentira por outro lado era real.

;Era o dia 19 de Abril, Cheryl acordou de manha e foi para Saint Mungus trabalhar. Seria um dia normal como tantos outros, correria nos corredores de Saint Mungus correndo de sala em sala fazendo um monte de partos, ouvir o doce choro das crianças recém nascidas. Nunca tinha mexido tanto com a minha mãe. Estava quase na hora de ela voltar para casa quase as águas rebentam. Sinceramente queriam um melhor lugar para as aguas rebentarem do que no meio de um hospital na ala de obstreticia? Nenhum mesmo né?

;Eram exactamente 05.20 do dia 20 de Abril quando eu nasci, tinha olhos verdes e os meus cabelos loiros se começavam a notar na minha pequena cabeça. Eu era uma bebe sossegada, quase nunca chorava. Fui para casa no dia 26 de Abril, uma data interessante , era o dia de anos da minha vó. Sempre um bom presente de aniversário né. Iria me chamar Samantha, Samantha Montgomery. O meu quarto era um quarto colorido, as paredes estavam pintadas as riscas com diversas cores, branco, verde, vermelho, azul, amarelo, rosa e violeta. A cor que me chamava mais a atenção era o amarelo...era uma cor bonita para mim. No centro do quarto tinha um tapete com brinquedos para bebes, carrinhos, bonecas...parecia o paraíso dos brinquedos. E encostado a parede estava como não podia deixar de ser o meu pequeno berço branco. Eu era deveras paciente...mamava apenas 1 vez por noite.

;Os anos iam passando e quando eu tinha 7 anos descobri que era magica...assustei-me de morte. Mas eu conto direito. A minha casa era grande e tinha um grande jardim onde eu amava brincar com o gato e com o cão que nós tínhamos. Rebolar na relva com eles era o meu passatempo preferido sem duvida nenhuma. Eu amava aquele cão e aquela gata, com eles os dois havia sempre diversão para uma criança de 5 anos. Então eu descobri que era magica porque o meu cabelo mudou de cor. O cão brincando comigo no jardim e eu na minha inocência murmurei alguma coisa que eu ainda hoje não entendi o que foi e o meu cabelo passou de loiro para moreno. Pela cueca rasgada de Merlin eu morri de medo...que raio tinha acontecido com o meu cabelo LOIRO? Meu cabelo era loiro e virou MORENO...como? Que Merlin me ajude. Como eu iria dizer isso aos meus pais? Papai, mamae...eu tava brincando com o cão e com a gatinha e disse uma coisa estranha e o meu cabelo mudou de cor... e agora? Meus pais me responderiam que eu era maluca e que fui no cabeleiro pintar o cabelo...obvio. Ai que droga que eu iria fazer?

;Eu era muito nova, as perguntas sem resposta borbulhavam na minha cabeça... eram perguntas para as quais eu não tinha a resposta. Mas os meus pais me explicaram, eu era uma feiticeira, dali a uns 4 anos iria para a maior escola de magia e feitiçaria de Hogwarts. Eu não entendia como eu seria feiticeira se o meu pai nem a minha mãe eram... ai chegou a minha surpresa. Minha mãe era feiticeira, era uma bruxa que tentava viver no mundo dos humanos normais, sem magia sabe? Meu pai, era um magico um tanto desastrado, dava vontade de rir até. Chorar de tanto rir...o meu pai devia ser o feiticeiro mas desastrado de toda a história da Magia. O meu pai disse que eu ia ter uma disciplina de Historia da Magia...já imaginava um capitulo inteiro do livro sobre o meu pai. ‘ O Feiticeiro Mais Desastrado Do Mundo: Anthony Montgomery’ ! Só dava para rir, o meu pai tentou demonstrar um feitiço simples... a loiça se lavar sozinha...foi hilariante...em vez de a loiça se lavar sozinha a torneira se abriu sozinha e mandou agua para toda a casa. Rir até chorar acreditam?

;Bem esse é sem duvida nenhuma o capitulo da vida do meu pai que ele quer esquecer. E é um capitulo da minha vida que eu quero reviver para sempre. E contar aos meus filhos...mas é segredo sim? Eu estava querendo entrar e saber mais sobre a magia, sobre a escola nova, estava curiosa, bastante até. Saber que iria conhecer novas pessoas, ia fazer novos amigos. Quem sabe poderia encontrar aquele rapaz, mas eu só queria ter boas notas para ser uma boa médica como a sua mãe. Eu era ambiciosa, não em demasia claro, apenas o suficiente para conseguir atingir os meus objectivos. Ser feliz, e ser uma boa médica como a minha mãe. Neste momento não queria mais nada. Trabalhar em Saint Mungus me parecia a melhor opção para mim, seguir os passos da minha mãe e a deixar orgulhosa.

;Eu sinceramente estava cada vez mais ansiosa pelo meu aniversário. Fazer 11 anos seria a melhor coisa do mundo, daria a oportunidade da minha entrada em Hogwarts. . Sim sim, os meus pais me avisaram para não dizer ás minhas amigas. Ao principio eu não entendia o porque de tamanho segredo mas eles tinham razão. Os Muggles não sabiam da existência do mundo magico, logo ninguém iria acreditar em mim. Era melhor ficar calada mesmo. No dia em que fiz 11 anos a tão esperada carta chegou. Numa coruja branca linda, o meu sono era leve e eu ainda dormia quando ouvi algo bater na janela. Não era um bico qualquer, era forte mas ao mesmo tempo suave e sensível, era algo magnifico e eu despertei, olhei em volta e vi uma coruja. Assustei-me, não era todos os dias que uma coruja nos batia à janela. Demorei algum tempo a raciocinar que a carta viria de Hogwarts, levantei-me num salto e corri e abri a janela deixando a coruja entrar, lentamente ela colocou a carta em cima da minha secretária e saiu cuidadosamente pela janela. Eu sorri e corri para abrir a carta. Eu tinha sido aceite em Hogwarts, nem acreditava, era a melhor coisa que me podia acontecer. Os meus pais já tinham a certeza que eu ia entrar, mas mesmo assim não cabiam em si de felicidade. Esplêndido.

;O dia 1 de Setembro tinha chegado, a excitação estava presente. Tudo parecia um sonho, tudo estava perfeito. A estação era perfeita, o comboio era enorme, Expresso de Hogwarts. Extraordinário, era aquilo que me ia levar para a melhor escola de feitiçaria. O castelo era excelente era tudo aquilo que os meus pais me tinham contado, era tudo aquilo que eu imaginava, era perfeito. Demais. Tudo naquele castelo era perfeito...de sonho.

;Um chapéu me seleccionou, um chapéu bem interessante até. Fui seleccionada para Grifinória. Parecia uma casa excelente para mim! *-* Conheci muitas pessoas que ficaram a ser essenciais. O tempo ia passando e desde o ano passado o meu coração batia mais forte por um garoto, ele era de Grifinoria, tal como eu. Claro que isso facilitaria as coisas para mim né? Facilitar até facilitava, porque eu era meio galinha, admitia e então ficava dando em cima dele... talvez um dia ele percebesse que também gostava de mim, até aí eu ia aproveitando e agarrando outros meninos, aproveitar a vida sabe?

;Gostou da minha historinha? *-*
Não gostou? Paciência...eu também não gosto de você *mostra a língua *
Gostou? *-* te adoro Very Happy

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 515
Data de inscrição : 13/06/2011

MensagemAssunto: Re: Samantha Montgomery   Qua Jun 29, 2011 10:59 pm

Ficha aprovada e movida para o topico correcto
bem vinda

Mary
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://acciohogwarts.forumeiros.net
 
Samantha Montgomery
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Confirmação de leitura das regras
» Samantha
» Zoey Montgomery - Noah's Tales
» Escolta de Samantha Warhool, Kise Ryota e Sofie Köppel - Do Brooklin para Boston || Nina Crawford
» Louis Montgomery/Arthur Linvisck

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Gryffindor-
Ir para: